VOZ DA TERRA
Jornal de Monte Verde 
 

Diretor Responsável: Egydio Coelho da Silva - Editor: Renato Coelho da Silva
Rua dos Eucaliptos, 75 - Monte Verde - Camanducaia - MG - Brasil
Fale Conosco


FÓRUM DE MONTE VERDE / CAMANDUCAIA

 

- Bem-vindo !

FÓRUM DE MONTE VERDE/CAMANDUCAIA 02/11/2014
De: Anna Maria Prado Dantas.
Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/ Camanducaia


Boa tarde sr. Egydio,
Tb. sou paisagista e discordo da ideia de se plantar araucária no canteiro central na entrada da cidade e na Sol Nascente, pois demoram mto. p/ crescer.
Qto. ao Ipê Amarelo, acho mto. comum.
Gosto da Cerejeira ou talvez Ipê Branco (q. parece neve qdo. floresce).
Prezada Anna Maria,

Notei que várias opiniões têm uma árvore em comum: Cerejeira.
Na Sol Nascente, observei que os fios elétricos estão muito baixo sobre o canteiro central, portanto, irá exigir vigilância da Subprefeitura para manter as árvores sempre podadas.

O próprio subprefeito, Rubens Osis, acha que cerejeiras seriam a melhor opção na Sol Nascente.

Portanto, é de supor que ele já deve ter analisado e visto que será possível mantê-las podadas sem que cresçam muito.

 A Wikipédia, a enciclopédia livre, informa que o cultivo da cerejeira é realizado em regiões frias.

E dizem que a "Flor da Cerejeira significa a beleza feminina e simboliza o amor, a felicidade, a renovação e a esperança".
Talvez por isso que a cerejeira esteja bem "votada" nesta enquete de opinião.

Obrigado por participar e colaborar nesta fase de escolha de árvore que melhor combine com Monte Verde. Abs. Egydio Coelho da Silva


FÓRUM DE MONTE VERDE/CAMANDUCAIA 10/11/2014
De: Vicente Forlenza Neto.

Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/ Camanducaia

 

Caro Egydio
Há poucos dias a comunidade de M Verde foi sacudida com um projeto que visa cobrar dos turistas, no portal de M Verde uma taxa intitulado TAXA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL E TURÍSTICA- TPAT.
Um dos argumentos do prefeito encaminhado aos vereadores é que M Verde recebe 15.000 mil turistas por final de semana!
Interessante que neste final de semana, de 7 a 9 de novembro, um restaurante da avenida M Verde na ponta do calçadão fechou a cozinha as 23h por falta de clientes!

Estou lhe enviando o projeto na integra e aguardo seus valiosos e corretíssimos comentários no Voz da Terra. Sds Vicente Forlenza Neto

Caro Vicente,

De fato, se trata de uma Lei que tem por objetivo apenas arrecadar e a defesa do ambiente é, com certeza, mera desculpa.

Como a Prefeitura está disposta a ouvir a comunidade antes de aprová-la, entendo que, por respeito à opinião popular, devemos saber primeiro o que povo pensa.

Preocupa-me que se faça com essa arrecadação o que o Governo Federal fez com a CPMF, cujos valores arrecadados deveriam ir para a saúde. E o Governo até fez isso, mas em compensação deixou de consignar no orçamento verba semelhante que antes ia para a saúde. Poderá até haver mais arrecadação, mas as aplicações em MV continuarão as mesmas.

Vamos aguardar se aparecem neste Fórum mais manifestação a favor ou contra e também a manifestação popular na audiência pública. Abs. Egydio Coelho da Silva

 

FÓRUM DE MONTE VERDE/CAMANDUCAIA 10/11/2014
De: Fernando Ansaldi.
Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/ Camanducaia


Mais uma vez o velho modo de administrar a incompetência, ou seja, quando falam recursos,

nem pensar em otimizar os gastos. Criar uma nova taxa ou novo imposto é muito mais fácil.
Fernando

 

FÓRUM DE MONTE VERDE/CAMANDUCAIA 11/11/2014
De: Thuanne Vilas Bôas,
do Departamento de Comunicação
Prefeitura Municipal de Camanducaia.
Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/ Camanducaia


Os produtores da emissora de TV da Letônia, país de origem do fundador de Monte Verde, estão no Brasil visitando vários locais onde se instalaramimigrantes letos, e catalogando como roteiros de viagens para turistas da Letônia. Estiveram em Monte Verde e na oportunidade entrevistaram o Sr. Rubens Osis, que também é descendente de letões.
Para quem não sabe, a vila climática mais romântica do Brasil, o Sr. Verner Grinberg, um Leto nato, comprou terras na então chamada de

Campos do Jaguary, em 1938, e a patir de 29 de novembro de 1.950, começou a vender lotes de terreno a amigos e parentes, principalmente europeus, nascia então a vila Monte Verde.
Como o distrito de Monte Verde tem um subprefeito de origem letã, a Prefeitura conta muito com sua colaboração para resgatar o patrimônio cultural no Distrito. Por isso, já existem vários projetos, que visam obter informações e documentos, principalmente entre os descendentes letonianos, inclusive a criação de um Museu Letão em um šķūnis (prédio de arquitetura letã dos imigrantes).

A sugestão é do descendente letão e morador de Monte Verde, Sr. Ricardo Kempis.
 

 

"Estamos trabalhando para que seja possível a vinda de um grupo da Letônia para apresentação no Festival de Inverno no próximo ano, e desta forma expressar a cultura originalmente letã do Distrito.

 Não é uma promessa, mas estamos nos esforçando muito para conseguir viabilizar esta apresentação", disse o Subprefeito de Monte Verde, Rubens Osis.
O Sr. Roberto Stikans e a consulesa honorária da Letônia, Daina Gutmanis estão apoiando intensamente essa iniciativa.

 

FÓRUM DE MONTE VERDE/CAMANDUCAIA 12/11/2014
De: Lajos Bodnar.
Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/ Camanducaia


É o direito de ir e vir....Acho que é inconstitucional cobrar pedágio para entrar numa cidade ou parte dela.

 

FÓRUM DE MONTE VERDE/CAMANDUCAIA 17/11/2014
De: Leonardo D´Amore, presidente da ACMV.
Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/ Camanducaia


Entrei em contato pessoalmente com as associações comerciais dos municípios que implementaram a Taxa de Proteção Ambiental e Turística que são: Morro de São Paulo ( BA ), Ilhabela ( SP ), Bombinhas ( SC ) e Fernando de Noronha ( PE ).
A informação é que todos tiveram uma aceitação muito boa tanto da parte dos empresários quanto da parte dos turistas e sem nenhuma queda no movimento. Dessas cidades, a única que está com tramites judiciais por alguns pontos de inconstitucionalidade como bi-tributação ,por exemplo é Bombinhas (SC). Nós nos preocupamos, para que esse dinheiro não seja usado para fins que já pagamos em nossos impostos.
Na carta do COMTUR aos empresários e comerciantes se destaca que a TPAT não é pedágio. Quem tem divulgado essa informação equivoca.
Impostos como IPTU e ISS e outras taxas já existentes são utilizados para pagar o funcionamento da subprefeitura de Monte Verde com limpezas, operações tapa-buracos, manutenção de vias, coleta de lixo, entre outras despesas. Na saúde, o pagamento da subvenção enviada à ABMV mensalmente e manutenção do programa ESF.
Na Educação, a manutenção das creches e escolas municipais, transporte escolar municipal e universitário, entre tantas outras despesas em todo o município. A TPAT vem para melhorar a arrecadação e trabalhar o investimento no turismo e meio ambiente apenas no distrito de Monte Verde, ou seja, diferente dos demais impostos que são aplicados em todo o município, este será exclusivo do distrito.
A taxa não será cobrada dos moradores e nem dos prestadores de serviço. A taxa será cobrada dos turistas que nos visitam e causam impactos no meio ambiente e em nossas ruas. Para acelerar os investimentos em Monte Verde precisamos desta taxa.
Os destinos turísticos que implantaram nada perderam no que se refere a fluxo turístico, pelo contrário, melhoraram sua infraestrutura ambiental e turística dando mais opções aos turistas que os visitam, como Ilhabela ou Morro de São Paulo. Vale lembrar que, se comparado a esses destinos, a taxa de Monte Verde tem um valor quase simbólico, ressaltando que o ticket terá a validade de sete dias. Se compararmos com o valor cobrado por estacionamentos em São Paulo, por exemplo, onde se paga até R$20,00 por algumas horas de permanência, percebemos que a taxa cobrada aqui, além de barata para o turista seria de grande utilidade para a Receita do nosso distrito.
Todo dinheiro arrecadado com a taxa só pode ser utilizado dentro do Distrito e apenas em obras de infraestrutura ambiental ou turística e esse dinheiro será gerido pelo COMTUR, através do FUMTUR, com toda a transparência, marca dessa atual administração.
Todo esse dinheiro tem uma destinação específica que é Monte Verde.Nos próximos dias teremos uma audiência pública e temos duas opções: ser contra e continuar com os mesmos velhos problemas ou votar a favor e fazer parte dessa mudança.

 

FÓRUM DE MONTE VERDE/CAMANDUCAIA 25/11/2014
De: Ângela Maria Amaral Poncioano.
Cidade: Rio de Janeiro. Estado: RJ. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/ Camanducaia


Boa noite
Nasci no Rio de Janeiro, sou Turismóloga e Guia de Turismo. Vi, por curiosidade este site que me encantou por falar dos Poncianos. Não sei se tem alguma relação com meu sobrenome, mas gostaria de visitar esta cidade e organizar uma excursão. Gostaria de saber um pouco mais de vocês, história, fotos e das possibilidades de realizações dos passeios. Aguardo um breve retorno.
Atenciosamente,
Prezada Ângela,

Excursão a Monte Verde deve ser reservada em algum dos inúmeros hoteis aqui do Distrito.

Seu sobrenome, Ponciano, está realmente ligado à região. A Vila dos Poncianos existia aqui antes mesmo da fundação de Monte Verde (veja em http://www.monteverdemg.com.br/vozdaterra/

vm_historia_ponciano.asp ).
Tenho curiosidade em saber sobre a família de sobrenome Ponciano que deu nome a vila e também ao riacho que corre aqui em Monte Verde.

Talvez uma pesquisa genealógica de seu sobrenome possa trazer alguma informação.

Att. Egydio Coelho da Silva

 

 

Clique aqui e veja as mensagens anteriores deste Fórum

Primeira página de Voz da Terra - Monte Verde-MG

 

Participe e/ou fale com o coordenador deste Fórum (por email)

Partici pe ou fale Conosco de qualquer computador

(Não esquecer de escreve o nome completo e a cidade de onde envia o email)

Normas adotadas pelo coordenador do Fórum MV/Camanducaia:

1) Oferecer ampla liberdade a todos os participantes na escolha do assunto para informação, opinião, reivindicação.

2) Para não criar inimizades e problemas jurídicos para quem escreve e para o jornal, o Coordenador excluirá as partes dos textos, que contenham:

a) ataques pessoais, ironias ofensivas e denúncias infundadas, especialmente contra pessoas que não exercem cargo público;
b) O Coordenador, quando dispor de tempo e o assunto exigir, fará comentários e explicações sobre o texto a ser repassado e disponibilizado na Internet;


1) Se você se sentir prejudicado com qualquer notícia aqui divulgada ou no jornal impresso VOZ DA TERRA e quiser se utilizar do direito de resposta, favor enviar email para:
vtmv@monteverdemg.com.br,  que a sua opinião será divulgada com o mesmo destaque.

 

“Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último”. Thomas Jefferson, (1743 - 1826), estadista e ex-presidente dos EUA).
 

Clique aqui para ver mais pensamentos e máximas sobre liberdade de imprensa

 

© Copyright 2003 Jornal Voz da Terra Monte Verde-MG ® - Todos os direitos reservados