Documento sem título

 


Documento sem título
PORTAL DE M. VERDE

Associação Comercial

Câmara M. Camanducaia 

Cartão Postal - Mte. Verde

Edições anteriores
Emancipação

Fale conosco

Fórum moradores
Fotos da Cidade
História de Mte. Verde
Horário de ônibus

Hotéis-Mte. Verde

Índice por assunto

Mapa das trilhas

Mapa das ruas
Mapa de Localização
Prefeitura/Camanducaia
Zé Verdinho/prefeito
ROTEIROS
Gonçalves
Cachoeira dos Pretos
Campos do Jordão
SERVIÇOS
Câmara Federal
CEP

DETRAN-SP

Direito - portal

Lista telefônica
Esoterismo - portal

Receita Estadual-MG

Receita da Fazenda

Senado Federal
Tribunal Sup. Eleitoral

Sup. Tribunal de Justiça
Sup. Tribunal Federal
Tribunal de Contas-MG
BANCOS
Banco Real
Bradesco
Caixa Federal
Banco Itaú
Banco do Brasil
Nossa Caixa-SP
Unibanco
IMPRENSA
Fórum de imprensa
Jornais Brasileiros
Jornal dos Bairros-SP
Voz da Terra-Assis-SP
PORTAL REGIONAL
Cachoeira dos Pretos
Camanducaia-dados
Camanducaia - história
Prefeitura-Cambui-MG
Prefeitura de Extrema

VOZ DA TERRA
Jornal de Monte Verde 

Diretor Responsável: Egydio Coelho da Silva - Editor: Renato Coelho da Silva
Rua dos Eucaliptos, 75 - Monte Verde - Camanducaia - MG - Brasil
Fale Conosco

- Bem-vindo !
FÓRUM DE MONTE VERDE / CAMANDUCAIA
MENSAGENS RECENTES NO FINAL DA PÁGINA

Coordenador: Egydio Coelho da Silva

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA EM 19/MAIO/2008
De: Adriana C. Ostermayer
Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para:
Fórum de moradores de Monte Verde/Camanducaia

As declarações do jornal EM AÇÃO com respeito a 3ª cãominhada são hilárias inverdades.
Foi sim um evento "nota 10", admirado e elogiado por todos, dentro dos parametros da lei.
O intuito da cãominhada, obviamente não mencionado pelo EM AÇÃO é angariar fundos para as campanhas de castração dos animais de rua e o eventual tratamento dos mesmos, o que esta sendo feito sem alarde mas com muito carinho.
O comportamento do jornal EM AÇÃO , seja la quem o comanda e redige, é revoltante e nunca traz nada positivo que não seja em seu próprio benefício.
O sucesso da cãominhada, por não fazer parte do calendário oficial da AHPMV, deve encomodar bastante os "egos" da mesma.
"Isto é uma vergonha"
Adriana C. Ostermayer
Cara Adriana,

Não li a matéria a que você refere, mas em princípio é de se estranhar que um órgão, aparentemente oficial da Prefeitura de Camanducaia, faça crítica a um trabalho bonito que é o carinho com os animais. Seu trabalho está perfeitamente enquadrado na filosofia dos moradores de Monte Verde, que amam a natureza e protegem os animais.
Normalmente, as prefeituras é que se preocupam e investem em castração de animais. É triste ver que órgãos públicos, que têm finalidade de incentivar pessoas, que colaboram com a comunidade e até economizam dinheiro público, em vez de elogiar, apenas criticam.
Parabéns pela iniciativa, que, se não é apoiada pelos poderes públicos, é amplamente incentivada e admirada pela comunidade. Abs.
Egydio Coelho da Silva

 

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA EM 22/MAIO/2008
De: Egydio Coelho da Silva
Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para:
Fórum de moradores de Monte Verde/Camanducaia

Hoje dia 22 de maio, às 18h, na Igreja Nossa Senhora da Saúde, na Av. Domingos de Morais, 2.387, Vila Mariana, estação Santa Cruz do metrô, em São Paulo, será celebrada missa pela alma de Jorge Letry.
Jorge Letry foi quem teve a iniciativa de fundar a ACMV-Associação Comercial de Monte Verde, em 1.979.

Portanto, a ACMV deve sua existência a Jorge Letry.

Elaborou e registrou seus estatutos, criou inclusive um brasão, muito caprichado, com uma simbologia expressiva, o qual infelizmente não sei onde se encontra. Mas se for encontrado substituirá o logotipo atual da ACMV.
Empresário criativo e bem sucedido em Monte Verde. Homem dinâmico e tinha o costume de falar o que pensava e, por isso, feria muitas suscetibilidades, mas era respeitado pela comunidade porque reivindicava com veemência melhoria nos serviços públicos e na qualidade de vida da população.
Ao perder Jorge Letry, a tristeza é muito grande, principalmente nos tempos atuais em que a falsidade e os interesses imediatos substituem a sinceridade, principalmente quando se trata de reivindicar melhorias e criticar a omissão dos que detém o poder. Envio meus sentimentos de pesar pelo seu falecimento à toda a sua família.
Att. Egydio Coelho da Silva.

 

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA EM 22/MAIO/2008
De: Odayr Baptista
Cidade: São Paulo. Estado: SP. País: Brasil
Para:
Fórum de moradores de Monte Verde/Camanducaia

Boa tarde Egydio,
Tenho recebido seus emails com notícias de Monte Verde e Camanducaia.
Dei uma entrevista para o: www.pecasraras.podcast1.com.br que aborda assuntos sobre rádio.
Gostaria que você desse uma espiada.
Um grande abraço e talvez nas férias de julho eu apareça por aí.
odayr baptista.
Caro Odayr,
Acessei o site, vi sua entrevista e gostei.
Abs.e grato pela participação. Egydio Coelho da Silva

 

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA EM 26/MAIO/2008
De: Walter C. Monacci
Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para:
Fórum de moradores de Monte Verde/Camanducaia

Caro Sr. Egydio,
Fazer barulhos desagradáveis no meio do dia em Monte Verde não viola a lei do silêncio, mas sim a lei da boa vizinhança.
Isto não está em nossas leis civis, nem mesmo nas aulas básicas de educação moral e cívica, mas sim aos 3 ou 4 anos de idade, com os nossos pais.
Ao ver a discussão s/barulho em Monte Verde, fiquei feliz em lembrar que os que fazem barulho não ficam próximos à minha casa e, assim, eu também não precisarei "incomodar" ninguém para fazer cessar o ruído.
Os meus vizinhos em Monte Verde graças a Deus têm bom senso e respeito ao direito à tranquilidade.
Monte Verde não é Praia Grande (sem ofender os frequentadores daquela Cidade). Alí os barulhentos acham que as pessoas se deliciam com aqueles carros velhos, cheios de alto-falantes que circulam (impunemente !) pela avenida...
Verdadeiros e indesejáveis mazorqueiros (como dizia o Professor Norton Severo Batista, saudoso Diretor do Colégio Rio Branco na minha época de bancos escolares).
Creio que ninguém em Monte Verde se sentirá "incomodado" pelos vizinhos que querem apenas curtir a natureza, ver os passarinhos e esquilinhos.
Monte Verde não é lugar de barulho!
Abraços ao senhor e a todos os demais leitores e participantes deste Fórum,
Caro Walter,
Não é fácil julgar desentendimento entre vizinhos s/barulho, pois, não tivemos oportunidade de presenciar ou ouvir o que aconteceu.
Porém, em tese dentro das aspirações e perspectivas das pessoas que moram, veraneiam e visitam Monte Verde, julgo que suas observações estão corretas e até didáticas.
Quem vive em sociedade tem que ter alguma tolerância e, ao mesmo tempo, esperar que seu direito ao sossego, à tranquilidade e descanso seja respeitado pelos seus vizinhos. A percepção desse limite é privilégio dos que têm bom senso, como você destacou.
O problema maior, me parece, é quando a reclamação é contra empresas, entidades, eventos que envolvem interesse econômico, religioso ou político. Neste ponto, é que somente o cumprimento da Lei do silêncio diminui o problema.
E neste caso há omissão do poder público, pois as pessoas incomodadas não sabem a quem recorrer. Abs. e grato pela participação. Egydio Coelho da Silva

 

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA EM 28/MAIO/2008
De: Benedito Roberto Pereira de Mello

Cidade: Santos. Estado: SP. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/Camanducaia


Parabéns pelo trabalho!
Espero poder ajudar suacruzada e ver essa maravilhosa Monte Verde cada vez mais bela.
As constatações são várias, mas ficaria muito feliz se algo fosse feito nas questões abaixo:
- è preciso urgentemente que a Prefeitura discipline e cobre dos particulares e faça sua parte quando for o caso, a confecção de calçadas nas ruas da cidade. Chega a ser irresponsabilidade termos a av. Mont Verde sem calçada no trecho que nos leva a área popular da cidade, em direção á Matriz, onde é grande o fluxo de carros nos dois sentidos e o pedestre é obrigado a caminhar pelo asfalto, correndo sério risco de atropelamento;
- há um excesso de cães sem donos nas ruas da cidade, vivendo perambulando (não seria o caso de criar-se uma política de castração na cidade, custeada pela Prefeitura?). Abraços, Até breve. Benedito Roberto Pereira de Mello
cidade: Santos/SP

 

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA EM 29/MAIO/2008
De: Maria Ângela Braga

Cidade: Monte Verde. Estado: MG. País: Brasil
Para: Fórum de moradores de Monte Verde/Camanducaia

Prefeito Célio e Gustavo.
Vou dispensar formalidades, me colocando como parceira no objetivo de fazer Monte Verde "brilhar" e realmente mostrar que, como estância climática, grande ponto turístico de Minas, é aquilo que divulgamos.
Ao prefeito, cobrando atenção à sub-prefeitura...ao secretário de turismo, pedindo ajuda.
Construimos uma pousada e estamos indo muito bem! (o objetivo financeiro é o de reconstruir o Criadouro conservacionista, projeto ambientalista que trouxemos ao qual foi negada ajuda por parte da prefeitura na figura de seu vice-prefeito, quando apresentado a ele pelo vereador Argemiro, faz 2 anos...)
Na despedida de uma hóspede, tentamos vender selo da AHPMV para o parque e veio a surpresa:
era uma recém formada em jornalismo querendo apresentar para a editora em que trabalha uma brilhante matéria em turismo.
Se negou a colaborar argumentando que achou MV em verdadeiro abandono.
Referente ao parque, diz que o acesso inicial, principalmente, frente à Pousada Jardim das Montanhas é lamentável e perigoso, corre-se o risco de acidentes.E que apesar de achar maravilhosa a iniciativa da Associação, tem certeza que alí falta administração.
Como falta administração no que acontece na Cruzeiro do Sul.
Conseguíamos trafegar por ela até que, um certo dia...veio alguns caminhões de entulho contendo pontas de ferro e etc, despejou 3 cargas por lá, encalhou na própria "besteira" que fez e um trator veio ajudar.Foram e não voltaram.
Pois é amigos, resultado:
turistas que encalham e precisam passar a noite no carro a espera de socorro, quadriciculo que tomba e garupa desmaia em meu portão, querem mais?...
O passeio a pé por lá é uma maravilha, não temos coleta de lixo a dias.
Dizer que não sabemos colocar lixo no portão? Sabemos sim mas os cavalos soltos para comer "pragas" e lixo doméstico a noite depois de um estressante dia de garupas e garupas morro a cima, morro a baixo, espalham tudo!
Hoje, recomendo passeio a cavalo no Itapuá, recomendo passeio turístico para aqueles lados e aconselho a escolherem outras pedras para visitarem.Caminhadas na Cruzeiro do Sul para admirar as aves que nós e o IBAMA soltou por lá...nem pensar.
Célio, atenção, por favor!
Gustavo, me ajuda! Voce está indo muito bem na AHPMV, dá um jeito de conseguir interferir nessa parte também.
Que adianta suar para divulgar coisa feia.
Agora fechando e agradecendo a atenção de voces falando como a Mariangela que conhecem:
só a beleza natural de Monte Verde é elogiavel e deixa vontade de voltar. A mão da Grande Mãe não deixa de trabalhar e como boa wicana, sempre estarei ao lado dela. Custe o que custar.
Abraços aos dois e tenham minhas palavras como degrau.
Mas se preciso, puxo de dentro o lado formal e vou direto á Secretaria de turismo do Estado de Minas Gerais, cobrando:
Porque tanto elogio a tanto abandono e descaso?
E por cima ajudo a Helena a terminar sua preciosa matéria.AH! a família dela era comerciante na área de restaurantes por aqui.
Só mais uma coisa, não pensem que gosto de ver progresso em um local tão bonito em recurssos naturais, mas se estou no baile, vou dançar...se preciso dessa verba para garantir a o futuro de meu projeto quero fazer direito, com honestidade e transparencia. Até mais,
Mariangela Braga

RESPOSTA DO PREFEITO:

Cara Mariângela,
A dificuldade de se melhor a pavimentação das vias urbanas de Monte Verde é a falta de um tributo denominado de contribuição de melhoria, haja vista que encaminhamos um projeto de lei neste sentido e a Câmara Municipal não o provou.
Hoje Monte Verde com os tributos arrecadados não tem suporte para efetuar as manutenções ou obras que os monteverdenses cobram da administração pública.
Tudo que estamos fazendo tem suporte em verbas externas. Um relatório recente apuramos que aí arrecadamos cerca de R$1.350.000,00 por ano que dividido por doze meses totaliza uma média mensal de R$112.500,00, já a despesas totalizam R$3.500.000,00, ou seja, R$291.666,00 pro mês.
Veja o ISS das pousadas, hotéis comércio....
Há um ano tentamos sensibilizar os monteverdenses para contribuirem com a infra-estruturas de suas próprias ruas e recebemos como resposta o não. Assim, na administração pública não existe milagres e sem recursos não existem obras.
Estes problemas precisam ser equacionados, mas precisamos de recursos. Cordialmente,
Célio Faria dos Santos

RESPOSTA DE MARIÂNGELA
Olá Egydio!
Não entendi...nada da resposta do Prefeito.
Então para que vai o imposto absurdo que pagamos todo ano?
Para onde está indo a tão falada verba vinda do governo do estado, destinada a melhorias para o turismo, quando ganhamos o título de Estância Climática?
(se os turistas aqui chegam e derramam sobre nós um monte de reclamações ).
Cara Mariangela,
Acho mais válida a tese de que proprietários pagassem pela construção de seus passeios para pedestres (calçadas) em frente ao seu imóvel, que, de certa forma, justificaria já que valoriza o imóvel. Daí a chamar-se Contribuição de Melhoria.
Não me parece válida a tese do Prefeito de que proprietários deveriam pagar pela conservação de suas ruas, isto universalmente é obrigação da Prefeitura.
De qualquer forma, se os moradores concordassem e a Câmara também o problema seria resolvido.
Isto tudo vem mostrar apenas duas coisas: a incompetência administrativa e política da atual administração municipal. Pelo menos com relação a Monte Verde.
Não consegue fazer as obras, não consegue convencer os vereadores a aprovar projetos de lei e não convence moradores a colaborar. Abs. e grato pela participação. Egydio Coelho da Silva

Normas adotadas pelo coordenador do Fórum MV/Camanducaia:2-vtmv-hoteis

1) Oferecer ampla liberdade a todos os participantes na escolha do assunto para informação, opinião, reivindicação.

2) Para não criar inimizades e problemas jurídicos para quem escreve e para o jornal, o Coordenador excluirá as partes dos textos, que contenham:

a) ataques pessoais, ironias ofensivas e denúncias infundadas, especialmente contra pessoas que não exercem cargo público;
b) O Coordenador, quando dispor de tempo e o assunto exigir, fará comentários e explicações sobre o texto a ser repassado e disponibilizado na Internet;

3) Marketing político e/ou comercial:
Somente serão permitidos no jornal impresso Voz da Terra, com o seguinte custo:
a) 1/2 (meia página) em cores: R$1.000,00 por inserção;

b) 1 (uma) página em cores: R$1.500,00 por inserção;
c) Os textos podem ser redigidos pelo interessado ou elaborado pelo próprio jornal.

Forma de pagamento: a combinar.


Clique aqui e veja as mensage
ns anteriores deste Fórum

Primeira página de Voz da Terra - Monte Verde-MG

Participe e/ou fale com o coordenador deste Fórum (por email)

Participe ou fale Conosco de qualquer computador

(Não esquecer de escreve o nome completo e a cidade de onde envia o email)

 

1) Se você se sentir prejudicado com qualquer notícia aqui divulgada ou no jornal impresso VOZ DA TERRA e quiser se utilizar do direito de resposta, favor enviar email para:
vtmv@monteverdemg.com.br,
que a sua opinião será divulgada com o mesmo destaque.

 

 

“Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último” . Thomas Jefferson, (1743 - 1826), estadista e ex-presidente dos EUA).

Clique aqui para ver mais pensamentos e máximas sobre liberdade de imprensa

 

FÓRUM DE IMPRENSA, mensagens por email

Escolha o assunto: leia e participe enviando sua mensagem. Não importa sua profissão, grau de instrução, nacionalidade, etc.

Coordenador: Egydio Coelho da Silva

(Em elaboração iniciada em 05-01-2001)

Ultima alteração: 22-09-2005

Acesso à informação  - leis, que permitam

Jornalismo regional

Auto-censura  

Jornalismo virtual

Censura da Justiça Eleitoral

Lei de imprensa - projeto em discussão

Censura do jornalista pela empresa

Leis da mordaça

Censura do Judiciário

Censura por ongs moralistas

 Menor criminoso - proibição de publicar nome 

Crime pela intenção de difamar, caluniar

Monopólio da imprensa

Conselhos regionais de jornalismo

Pensamentos e máximas sobre liberdade de imprensa

Denuncismo e instiuições

Político dono de veículo de comunicação

Diploma de jornalista

Processos contra Voz da Terra-Assis-SP

Entidades representativas de jornais e jornalistas

Propaganda subliminal

Falta de ética entre as empresas jornalísticas

Seqüestro e omissão

Fórum de Imprensa, vale a pena?

Sigilo da fonte-direito constitucional

Imagem – danos morais, direito à informação

Tiragem dos  jornais

Imunidade tributária dos jornais

Veja também:

Indenização imoral por dano moral

Fórum dos jornais de bairro de S. Paulo

Jornalismo "chapa branca"

Todas as mensagens do Fórum de imprensa

Documento sem título
LOGIN
Usuário:
Senha:
Documento sem título
TEMPO
Documento sem título
COTAÇÕES

Documento sem título
PARCEIROS
© Copyright 2003 Jornal Voz da Terra Monte Verde-MG ® - Todos os direitos reservados