Documento sem título

 


Documento sem título
PORTAL DE M. VERDE

Associação Comercial

Câmara M. Camanducaia 

Cartão Postal - Mte. Verde

Edições anteriores
Emancipação

Fale conosco

Fórum moradores
Fotos da Cidade
História de Mte. Verde
Horário de ônibus

Hotéis-Mte. Verde

Índice por assunto

Mapa das trilhas

Mapa das ruas
Mapa de Localização
Prefeitura/Camanducaia
Zé Verdinho/prefeito
ROTEIROS
Gonçalves
Cachoeira dos Pretos
Campos do Jordão
SERVIÇOS
Câmara Federal
CEP

DETRAN-SP

Direito - portal

Lista telefônica
Esoterismo - portal

Receita Estadual-MG

Receita da Fazenda

Senado Federal
Tribunal Sup. Eleitoral

Sup. Tribunal de Justiça
Sup. Tribunal Federal
Tribunal de Contas-MG
BANCOS
Banco Real
Bradesco
Caixa Federal
Banco Itaú
Banco do Brasil
Nossa Caixa-SP
Unibanco
IMPRENSA
Fórum de imprensa
Jornais Brasileiros
Jornal dos Bairros-SP
Voz da Terra-Assis-SP
PORTAL REGIONAL
Cachoeira dos Pretos
Camanducaia-dados
Camanducaia - história
Prefeitura-Cambui-MG
Prefeitura de Extrema

VOZ DA TERRA
Jornal de Monte Verde 

Diretor Responsável: Egydio Coelho da Silva - Diretora de redação: Suely Silva
Rua dos Eucaliptos, 61 - Monte Verde - Camanducaia - MG - Brasil
Fone: 35-3438-2035 - Fale Conosco

- Bem-vindo !
FÓRUM DE MONTE VERDE / CAMANDUCAIA
MENSAGENS RECENTES NO FINAL DA PÁGINA

 * O coordenador não repassa textos, que contenham ironias, ataques ou críticas pessoais. A troca de idéias e questionamento são apenas para obter informações e encontrar solução para os nossos problemas.
Coordenador: Egydio Coelho da Silva

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 02 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Dimas Ferreira Goyos
Cidade: Tatuí: Estado: SP.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Fotos de "minha querida Camanducaia"

Senhor Egydio!
Sou agradecido da cordialidade com que tem me enviado o noticiário eletrônico, pertinente a fatos e relatos ocorridos nessa minha adorável e saudosa Camanducaia. Mas, o que me deixa empobrecido, é que as fotos publicadas são muito repetitivas. Não creio que seja falta de imagem ou de percepção, pois meus conterrâneos são pessoas providas de inteligência e criatividade. O que estará ocorrendo?
Gostaria que também publicassem algumas fotos atinente a minha querida Camanducaia e de seus respectivos moradores "ilustres", que tal algumas entrevistas ou reportagem com os mesmo ?
O senhor sabia: a) Que um dos maiores caricaturista do Brasil é de Camanducaia ? O nome dele é Jaime Pina. (dentista).
b) Que uma das enciclopédias ambulantes, pertinentes a assuntos históricos da cidade é o Sr. Fernando Cirillo ?
c) Que o Sr. Leizinho (barbeiro) é uma figura lendária da nossa cidade e que tem muito a nos dizer ?
Enfim, assuntos desse tipo iria enriquecer, e muito, as páginas deste conceituado jornal e elevaria nossa cidade inclusive dando exemplo a nossa juventude. Obrigado pela atenção e Pense no assunto! Saudações
Caro Dimas:
Há quem diga que a principal atração turística de Camanducaia seja sua história e a história de seu povo. De fato, está faltando participação dos camanducaienses  neste Fórum, principalmente os de terceira idade,  que têm muita foto e coisas para contar sobre a cidade. Veja o que eu fiz em Assis-SP (
Fotos antigas de assisenses ) onde criei um portal de Fotos antigas e que tem resgatado a história recente da cidade. Em Camanducaia poderíamos fazer o mesmo, com participação até maior. Abçs. Egydio Coelho da Silva.

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 12 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Célio de Faria Santos Cidade: 
Camanducaia. Estado: MG.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Resposta do Prefeito sobre a atuação dos deputados: Carlos Mosconi e Bilac Pinto e sobre fotos de camanducaienses

 Senhor Egydio,
Com o devido respeito desconhecia a participação dos Deputados em pról de Monte Verde. Peço-lhes desculpas. O que retratei foi apenas durante esta gestão. O que repassei foram as declarações do próprio Senador Eduardo Azeredo que se mostrava inconformado por não ter realizado a obra diretamente pelo DER. Nosso encontro foi durante a campanha do Geraldo em Poços de Caldas. Me intriga é fato do Deputado Bilac Pinto - tendo sido Secretário de Estado de Ciência e Tecnologia não nos tenha premiado sequer com um Centro de Inclusão Tecnológico ou com um curso profissionalizante. Hoje é o nosso Deputado Majoritário e sempre foi bem votado no Município. Esperamos um trabalho eficaz em pról do nosso Município de forma a justificar a votação que teve. Estarei cobrando. O que conseguimos foi por intermédio do Senador Helio Costa, via Sinval Ladeira que foi candidato a Deputado nesta última eleição e teve os votos que nos pleiteou. Lamentei que os candidatos Sergio Ferrara, o Militão e o Marcos Lima que tanto trabalharam por nosso Município não tiveram o devido reconhecimento. Mas em eleição nem sempre assim... Mas os nossos estaduais Agostinho Patrús Filho - oitavo lugar, Alberto Pinto Coelho - décimo lugar - foram eleitos e bem votados. A nossa estrada como o Governador afirmou ao Ex-Secretário de Obras Agostinho Patrús: " é uma questão pessoal..." Esperamos que nada mais dificulte o início e o término das obras. Estamos aguardando que o DER dê a ordem de serviço. Neste ponto todos os deputados que foram votados neste município devem trabalhar para justificar suas votaçoes aqui e os monteverdenses se unam em pensamentos positivos.
Caro Prefeito Célio,
Ao ler suas observações sobre a omissão do deputado Bilac Pinto com relação aos problemas de Monte Verde, não posso deixar de citar duas afirmações desse deputado, quando estivemos em seu gabinete, após a audiência com então governador Eduardo Azeredo.

Lembro de ele criticar a poluição visual na Estrada Monte Verde / Camanducaia: "São placas irregulares a cada 500 metros", disse.
Outra observação de Bilac Pinto, que achei certa e nunca mais esqueci, embora há mais de uma década atrás, dirigindo-se ao Dr. Mazinho, seu candidato na ocasião a prefeito de Monte Verde, disse:

"O Prefeito tem o deputado que merece.  Se o Prefeito não procura seu deputado para lhe levar os problemas e suas reivindicações, o deputado nada poderá fazer", explicou ele.
No caso do deputado Bilac Pinto, que não é companheiro de partido do Prefeito, entendo que a crítica deve servir aos seus companheiros de Monte Verde que conseguem votos para ele na região e se esquecem do principal: levar os problemas e reivindicações da população, para que ele se empenhe junto aos órgãos públicas para atender. Gostaria de ouvir opinião de outras pessoas sobre o relacionamento deputados e políticos Abs. Egydio Coelho da Silva

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 12 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Célio de Faria Santos
Cidade: Camanducaia. Estado: MG.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Resposta sobre fotos de camanducaienses

Conheci e Dimas e posso orientá-lo a procurar o pessoal da UJR, que uma ONG que trabalha com a história de Camanducaia. O Presidente é o Elson que trabalha no Banco de Emprego da Prefeitura (35.3433.1323). Para esclarecimentos o Elson é filho do Max Macêdo. A ONG possui um grande acervo de fotos das familías camanducaienses que foram expostas em várias ocasiões na cidade. Entre elas estão os trabalhos do Jaime Pina. Mas para outros esclarecimentos históricos poderá procurar também o Alexandre Rodrigues que correspondente do Jornal Registro e que também tem feito um grande trabalho e que também poderá ser encontado na Junta Militar na Prefeitura Histórica. Coloco a disposição do Dimas o meu email: prefeito@camanducaiamg.com.br

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 16 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Izildinha Baptista ( izildinhab@yahoo.com )
Cidade: ?. Estado: ?.  País: USA
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Procura a professora Aderlice Pinceratto 

Presados senhores,
Eu sou brasileira dessa regiao de Minas Gerais. Eu emigrei do Brasil em 1982 and nessa altura perdi o paradeiro de uma pessoa muito querida que acabei de saber encontra-se em Monte Verde e parece ter uma escola nessa area. O nome dessa pessoa e Aderlice Pinceratto.
Eu agradeco imensamente se souberem de alguma informacao que pudessem me enviar. Meu emaill: izildinhab@yahoo.com
Com os meus cumprimentos, izildinha baptista

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 16 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Marco Antonio Sala Minucci
Cidade: São José dos Campos. Estado: SP.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Estrada MV/Camanducaia: placa indicando início das obras 

Prezados Srs:
Quando do asfaltamento da avenida próxima ao portal de Monte Verde, havia uma placa indicando a data do início das obras, do final das obras e, se não estou enganado, o custo total da obra e a construtora.
Uma placa semelhante deveria ser utilizada por ocasião do início das obras de recuperação da rodovia Camanducaia-Monte Verde, previstas para acontecer ainda em outubro. Isso daria transparência ao processo licitatório e sinalizaria ao usuário que a recuperação asfáltica é uma realidade!

VOZ DA TERRA ON LINE-MONTE VERDE EM 19/10/2.006

Prefeito convida vice-presidente e ministros a visitarem Monte Verde
 



Durante a solenidade de Aniversário de Pouso Alegre, em 19 de outubro, e a convite do prefeito Jair Siqueira, Célio de Faria Santos compareceu e aproveitou a ocasião para convidar o Vice-Presidente José Alencar, o Ministro do Turismo Wlafrido dos Mares Guia e o Deputado Federal Odair Cunha para visitarem o Município e o Distrito de Monte Verde.
O Ministro Mares Guia garantiu que estará presente no início das obras da Estrada que liga Camanducaia a Monte Verde.
O Ministro Mares Guia acrescentou que o Ministério do Turismo está prevendo uma verba suplementar, se necessária, para a conclusão da estrada.
Ele ressaltou os investimentos que o Governo Federal (Lula) fêz no Município, tais como: a Estrada de Camanducaia a Monte Verde, o Portal de Camanducaia, a Quadra Poliesportiva, a Pista de Skate, a Iluminação do Campo de Futebol de Monte Verde e entre outros investimentos

VOZ DA TERRA ON LINE-MONTE VERDE EM 19/10/2.006

Renovação de frota de veículos

A Prefeitura Municipal de Camanducaia adquiriu mais dois veículos dentro do Programa de Renovação da Frota - PRF. Desta vez foram dois volkswagem - tipo Gol - 4 portas, os quais atenderão à Saúde, sendo um para PPI/ECD (Programa de Pactuação Integrada e Controle de Doenças), que deverá atender as notificações de doenças como meningite, caxumba e outras epidemias, já o outro irá para o Programa PSF (Programa da Saúde da Família - Saúde em Casa) no Distrito de São Mateus de Minas.
Segundo o Secretário Amauri Donizeti da Silva nesta gestão foram adquiridos nove (9) veículos, sendo seis comprados com recursos do Município, sendo uma kombi, uma Unidade Móvel, dois Gols, um furgão fiorino, um Uno PSF e três conseguidos á título gratuito, respectivamente, uma Veraneio de Furnas, uma ambulãncia Ducato e um Uno quatro portas, ambos do Estado. A expectativa é de se adquirir ainda duas ambulâncias e uma Ducato para transportes de passageiros, além da reforma da Unidade de Saúde de Camanducaia. Diz também que vai construir o Posto de Saúde de São Mateus de Minas e fazer a reforma do Posto de Saúde de Monte Verde.
O Prefeito Celio destaca que o Município mantém o Pronto Atendimento da Santa Casa (Pronto Socorro), com repasse mensais de 55 mil reais, sem os quais a entidade estaria com as portas fechadas. Acrescenta que a colocação de nutricionista, pediatra e fonoaudióloga nas creches e escolas foi um grande avanço, além da ambulância 24 horas no Distrito de São Mateus de Minas.

VOZ DA TERRA ON LINE-MONTE VERDE EM 19/10/2.006

Prefeitura dá doce e pipoca às crianças

No Dia das Crianças foram feitas apresentações de Cinema no Poliesportivo, com os filmes Expresso Polar e Zatura, durante as projeções foram distribuídos algodão doce e pipoca.
Numa ação da Secretaria de Turismo também foram distribuídos pacotinhos de balas, doces e brinquedos no Distrito de Monte Verde e em Camanducaia nos bairros Quedas Verdes, Rua da Usina, Casas Populares, Rua da Nascente e Cruzeiro.
Na oportunidade o Prefeito Célio de Faria Santos comunicou aos moradores que a obra da Creche-Escola terá previsão sua conclusão prevista para fevereiro e que tudo indica que em março já estará atendendo à disposição das mães do bairro.
"Os recursos desta verba virá do trabalho do Deputado Alberto Pinto Coelho, que inicialmente nos encaminhou 15 mil reais e se comprometeu em complementar com mais 15 mil, assim a contrapartida da Prefeitura será num total de R$3.047,05",
ressaltou o Prefeito.

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 16 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Roberto Nogueira Sampaio
Cidade: Monte Verde. Estado: MG.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Estrada MV/Camanducaia só antes da próxima eleição. 

Sr. Egydio,
O nosso Prefeito, Sr. Célio, exorta-nos a acreditar que o asfaltamento Camanducaia / Monte Verde acontecerá. Será?
Na minha opinião só o governador Aécio poderá resolver essa pendenga e isso só acontecerá um pouco antes da próxima eleição a Presidência da República, quem viver verá. Abraços.

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 22 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Nico Queiroz 
Cidade: Monte Verde. Estado: MG.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Estrada MV/Camanducaia era para começar em outubro. 

Senhor Editor:
 No decorrer dos últimos anos, batí palmas para dezenas de deputados que aqui apareceram, trazendo o indefectível " desta vez a estrada sai ". Em vão. Sempre mais uma decepção e aquela sensação de que fomos feitos de palhaços. Os anos vão passando.
Houve até Prefeito que "pintou" a estrada de pixe, um "asfalto" que durou, aproximadamente, quatro dias.
Agora, a promessa de que o dinheiro já está à disposição, o contrato com a empreiteira já está assinado... e nada. O início era para outubro, o mês já está acabando e nenhuma máquina à vista.
Certas ruas da Vila da Fonte, que levam praticamente o nada a lugar nenhum, são asfaltadas. Lá estão elas, lindas, quando as ruas do centro da Vila da Fonte, usadas dia e noite, com padarias, farmácias, onde o povo realmente está, se encontram lamentavelmente esburacadas, em estado vergonhoso.
Vamos citar, aqui, também o problema do saneamento básico, da questão do lixo, cavalos que continuam nas ruas, centenas de placas que aparecem aqui e alí, enfeiando a estrada e a cidade, sem nenhum método. 
A AHPMV, cujo estatuto reza não ser uma entidade com fins políticos, é, basicamente, política. Faz parte da Administração Pública, quando deveria estar reivindicando melhoras para Monte Verde e seu Turismo. Graças a Deus, confiamos em nosso Prefeito. Sem dúvida, trata-se de pessoa íntegra, de boa índole e perfeitamente sintonizado com nossa vontade de crescer. Certamente, junto com os cidadãos conscientes, ajudará Monte Verde a entrar na realidade do trabalho sério que temos, todos, pela frente. Saudações, Nico Queiroz - Pousada Nico on the Hill.

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 23  DE OUTUBRO DE 2.006
De: Célio de Faria Santos
Cidade: Camanducaia. Estado: MG.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Estrada MV/Camanducaia: prefeito responde a Roberto Nogueira Sampaio e Marco Antonio Sala Minucci

Concordo em gênero número e grau com a colocação feita por Roberto Nogueira Sampaio de que depende de Aécio Neves a reconstrução da estrada. Isto me foi dito pelo próprio Governador, por intermédio do Ex-Secretário de Obras Agostinho Patrús: " a estrada que liga Camanducaia a Monte Verde é uma questão pessoal..." concluiu Aécio Neves -sic. De forma que o importante é que a estrada se concretize. Contamos com a sua parceria. Entendo que mesmo que a estrada saia e ainda mesmo assim haverá gente não acreditando.
(Resposta a
Marco Antonio Sala Minucci s/colocação de placa informando início, término, valor das obras, etc)
Esta obra como já falamos inúmeras vezes será uma parceria da União com o Estado. Certamente que os reclamos acima serão atendidos porque se trata de determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal e atinge tanto a esfera Municipal, como Estadual e principalmente a Federal.

VOZ DA TERRA ON LINE-MONTE VERDE EM 23/OUTUBRO/2.006

Jeremias: combater as drogas é combater o crime

A constante noticia de adolescentes e menores envolvidos com drogas pesadas, como o crack, vem sendo uma preocupação para moradores monteverdenses e liderança do Conselho de Segurança Pública do distrito. De acordo com presidente do CANSEP-MV (Conselho de Segurança Pública), Jeremias B.Oliveira, combater as drogas é combater o crime.
“Infelizmente, o vicio leva o dependente a outras criminalidades, começando pelos pequenos furtos” diz ele.
Esta semana, através de uma denúncia anônima, a PM de Monte Verde logrou êxito em apreender sete pedras de crack e um tablete de maconha no Portal de entrada, sendo os portadores da droga: RJ e APM (A Lei inconstitucional de censura ao direito constitucional das pessoas se informarem proíbe a divulgação de nomes completos de usuários de droga).
Na opinião dos policiais, ambos são traficantes e, por isso, foram enquadrados na nova lei 33/2006, por tráfico de drogas, considerado crime inafiançável.
E se encontram presos na delegacia de Camanducaia.
A comunidade tomou ciência do envolvimento de menores em pequenos furtos ao saber que o crack tinha tomado conta do distrito.
O crack é uma droga pesada que causa dependência química em curto prazo. De acordo com pesquisas, o usuário de crack fica tão dependente que é capaz de cometer não só pequenos furtos para vender e comprar a droga, como outras violências como homicídio, por exemplo.
A droga é um assunto peculiar a ser tratado na sociedade. Como diz o psicoterapeuta, Flavio Gikovate, cada ser humano tem uma história diferente, não existe uma fórmula que explique, como porque ou com que conseqüência um jovem procura as drogas.
“No entanto, é possível dizer que o abuso de drogas por adolescentes é uma das conseqüências da cultura imediatista, desapaixonada e carente de novas idéias que vivemos nos últimos anos", afirma. Gikovate também destaca que a dependência das drogas não difere de outras como o comer ou o consumo compulsivo, que também cresceram muito nos últimos anos.
"Vivemos numa sociedade que estimula a dependência, e que reprime os gestos autônomos com muito rigor, fazendo com que as pessoas busquem conforto em algo de que dependam".
Especialmente nas últimas décadas, em que as drogas viraram moda, diversas pesquisas científicas tentam identificar os motivos pelos quais o ser humano recorre às drogas: seria a influência do grupo, a insegurança diante da vida, a necessidade de aplacar a dor ou a fome, a busca do prazer?
"Na verdade, o homem pode buscar a droga por todos esses motivos. Mas, entre os adolescentes, a droga tem uma relação direta com a falta de perspectivas, com o tédio, com a dificuldade de lidar com a vida de forma responsável. Não se sabe ao certo se esses aspectos são a causa ou o efeito da droga, mas o adolescente com pouco interesse pela vida e pelos relacionamentos humanos está mais propenso a procurá-las". Baseado em livros do psicoterapeuta, veja a seguir texto que explica como prevenir o uso de drogas:
Como prevenir o uso de drogas pelos jovens?
É muito difícil convencer alguém a não fazer algo que lhe dá prazer - e a droga, antes de qualquer outra coisa, é algo que oferece prazer imediato.
Por causa disso, fazer terrorismo com histórias macabras ou exagerar na descrição dos efeitos das drogas só piora as coisas: a maioria dos jovens são melhor informados sobre drogas do que os próprios pais, mesmo quando não são usuários. Portanto, a prevenção ao uso de drogas começa muito antes.
Para o psiquiatra Flávio Gikovate, a prevenção passa necessariamente por um tipo de educação não apenas aberto ao diálogo, mas também à independência. "O tipo de educação que se vê hoje cria adolescentes fracos. E um ser imaturo, sem paixão, que não consegue enxergar a vida com seriedade, é altamente predisposto à influência do meio".
Mas este "meio" não são apenas os amigos, embora a pressão do grupo seja um fator importante, ainda mais nesta idade: "Os exemplos que o adolescente tem em casa também contam muito. Muitos deles ouvem discursos que os incentivam à responsabilidade e ao autocontrole, por exemplo, mas vêem os pais comendo compulsivamente, bebendo, ou fazendo coisas irresponsáveis. Isto não significa que os pais estejam sendo levianos ou mal intencionados, mas é importante que os pais observem a coerência entre o que dizem e o que fazem".
Incentivar os filhos a terem uma vida saudável e produtiva, portanto, é a melhor forma de mantê-los longe das drogas e de outros tipos de dependência, como a do consumo, do jogo e tantas outras. Dar-lhes suporte afetivo e cuidar de sua auto-estima são tarefas muito mais complexas, mas também mais eficazes tanto para evitar o problema das drogas, quanto para formar adultos mais corajosos e conscientes de si mesmos.
Como saber se o seu filho está usando drogas?
Pais que têm um relacionamento mais aberto com seus filhos têm mais facilidade para perceber problemas e mudanças de comportamento. Sendo assim, é importante ficar próximo dos filhos, sem controlá-los excessivamente, mas demonstrando amor, preocupação e rigor em relação às regras estabelecidas em casa.
Não adianta forçar o jovem a falar ou xeretar em suas coisas, pois esta atitude não é ética, e ética é tudo que um adolescente precisa quando está em crise.
Antes de xeretar na vida do filho ou acusá-lo sem provas, o correto é aproximar-se com jeito e mostrar que a reação a seus problemas não será catastrófica nem agressiva, e sim compreensiva e acolhedora - mas com a firmeza necessária num momento como esse.
Veja alguns sinais típicos de que seu filho está com problemas, não necessariamente com drogas:
Um sinal típico de que algo não vai bem se refere à relação com a comida. Se seu filho estiver muito inapetente, ou vivendo acessos de gula (especialmente por doces), isto pode ser um sinal de alerta.
Deixar de se encontrar com os amigos de sempre e começar a andar com novos amigos que não quer apresentar também é sinal de que alguma coisa pode não estar indo bem com ele.
Recusar-se a dizer aonde vai ou a que horas volta também é uma atitude a ser vista com cautela pelos pais, embora sempre seja prudente dar um voto de confiança ao filho.
Baixo rendimento escolar e desinteresse repentino pelos estudos ou por atividades antes importantes (como tocar, jogar bola) são sinais típicos de que algo não vai bem.
Olhos vermelhos ou vidrados, falta ou excesso de sono, irritabilidade e recusas constantes em conviver com a família também devem ser observados.
Outro sinal de alerta são os problemas com dinheiro. Se a mesada começar a "sumir" muito mais rápido que o normal sem nenhuma justificativa coerente, é hora de chamar seu filho para uma conversa.

VOZ DA TERRA ON LINE-MONTE VERDE EM 28/OUTUBRO/2.006

Convite da diretoria do Consep (Conselho de segurança pública de Monte Verde) ao povo em geral

"Reunião do CONSEP-MV
Não percam a reunião do Conselho de Segurança Pública de Monte Verde- CONSEP-MV, nesta segunda feira, dia 30 de outubro, as dez horas da manhã, na Casa de Pedra, ao lado do Bradesco.
Na pauta do dia será discutido segurança do distrito, bem como a apresentação das listas para arrecadar fundos para a cancela eletrônica e câmeras de última geração que deverá ser instalada no Portal de entrada, com o apoio de toda comunidade. Também será discutido a segurança dos pedestres no morro da Baiana e outras medidas de segurança que deverão ser tomadas com o apoio da nossa Policia Militar.
A reunião é aberta a toda comunidade e a sua presença faz a diferença.  A direção"

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 30 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Jeremias Bueno de Oliveira 
Cidade: Monte Verde. Estado: MG.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Consep convida os que contribuíram para a construção do quartel a se reunirem e apresentar comprovantes de contribuição. 

Convite
O CONSEP-MV Conselho Comunitário de Segurança Pública do Distrito de Monte Verde, convida a todos os que contribuíram ou que se propuseram a contribuir com valores para a construção do Quartel da Polícia Militar;A comparecerem a uma Reunião que realizar-se a no dia 13 de novembro de 2006,às 10,00 Horas, na Casa de Pedra. A fim de apresentarem os comprovantes de depósito ou copia de cheques, pois estamos convocando a ACMV a prestarem contas das contribuições, e a aplicação dos valores.
Monte Verde,30 de novembro de 2.006
Jeremias Bueno de Oliveira, presidente.
Caro Jeremias,
Mesmo que haja pessoas de boa fé (o que não acredito) que contribuíram e que agora desejam destinar essa verba para outra finalidade que não a construção do quartel, isso implicaria em ilegalidade.
Pois, ninguém pode romper um contrato unilateralmente, que seria ilegal e a Acmv, sob minha presidência, não cometerá nenhuma ilegalidade.
Eu mesmo, como presidente da ACMV, cheguei a pensar e consultar alguns membros da nossa diretoria sobre se fazer um convite a todos os que contribuíram para que declarassem por escrito ou apresentassem comprovantes de que haviam realmente contribuídos.
Mas, por vários motivos, não pude realizar meu intento. Portanto é louvável sua iniciativa. Se eu tivesse sido consultado, teria solicitado que o convite fosse assinado não só pelo Consep, mas também pela Acmv.
Não concordaria, porém, que o convite fosse estendido aos que "se propuseram a contribuir", pois, os que se propuseram a contribuir e não o fizeram é porque se oponham à idéia e não merecem credibilidade.
Não aceito também a sua expressão: "estamos convocando a Acmv".
Só aceitarei participar dessa reunião se a Acmv puder assinar também o convite para solicitar a presença somente de quem contribuiu e nunca os que se propuseram a contribuir, isto não existe. Podem existir os que se propõem a contribuir e nunca os que se propuseram a contribuir.
A conta da Acmv (
aberta para quem quiser contribuir), onde está depositado todo dinheiro arrecadado por Roberto de Luca e escriturado por Leandro Rosas, é n. 5.700, agência Bradesco 1.020. Quando assumi a presidência tinha um saldo dezenove mil reais.
O único talão de cheque, retirado do banco, tem os números 01 a 20 e teve um só cheque emitido, o de n. 01, em data de 29/01/2003, no valor de R$12.278,70.
O saldo existente nessa conta é de 20.000,00, mais juros obtidos com a sua aplicação. Esse dinheiro, enquanto eu exercer a presidência, somente sairá para a construção, melhor, mais especificadamente: para compra de material de construção quando requisitado pelo empreiteiro que for encarregado pela Prefeitura para levantar o quartel.
Não concordarei, em hipótese nenhuma que esse dinheiro seja aplicado em compra de outra coisa que não seja material de construção para levantar o quartel.
Algumas pessoas acreditam que colocar filmadora no Portal seria solução para todos os problemas de segurança.
Porém, elas não conseguem convencer a população a contribuir.  Seria por que o povo entende que isso não é melhor do que investir na construção do quartel? Ou seria porque o orçamento está superfaturado, pois, é notícia hoje em rádio e jornais que esse material ficou muito mais barato?
Por não conseguir isso, ficam a pressionar a ACMV para que cometa a ilegalidade de desviar a verba do quartel para outra finalidade.
Se pensam em levar vantagem no grito, vão ficar com a garganta seca de tanto gritar e terão que suar a camisa para induzir o povo a gastar dinheiro em filmadora cara ou superfaturada.
Att. Egydio Coelho da Silva, presidente da ACMV.

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 31  DE OUTUBRO DE 2.006
De: Célio de Faria Santos
Cidade: Camanducaia. Estado: MG.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Prefeito divulga email para receber críticas e consultas diretamente

Senhor Egydio,
Tenho notado que algumas das minhas respostas tem sido filtradas e não publicadas na íntegra. Creio que vivemos em um Estado de Direito e o período de restrição à Imprensa já se transformou em página virada da história brasileira. Com o devido respeito que lhe tenho gostaria de merecer a gentileza de informar os participantes desse Fórum, que a partir desta data estaremos respondendo também aos cidadãos por intermédio do prefeito@camanducaiamg.com.br Cordialmente, Célio de Faria Santos, prefeito municipal

Caro Prefeito,
Tenho agido e continuarei a agir como jornalista e coordenador do Fórum com o objetivo de que não haja agressões pessoais e ironias. Talvez, por isso, que os fóruns que eu coordeno têm durado bastante. Não se pode esquecer que a Lei de Imprensa em vigor no País não só responsabiliza quem difama e calunia, mas também quem divulga informações que sabidamente contêm calúnias e difamação.
Por isso, procuro agir com critério e dentro da Lei.
No seu caso, observe que o seu ponto de vista e pensamento nunca são prejudicados. Se entender que merecem alguma correção, basta retornar que tento retificar, dentro das normas traçadas neste fórum e na Lei de Imprensa.
As mensagens, que recebo, fazendo crítica a você e sua administração, são muito mais agressivas do que as suas e eu só coloco no Fórum parte do texto, que realmente questiona ou pede informações relacionadas com a administração e interpreto que não há ofensa pessoal.
Entendo que os seus esclarecimentos enviados a este Fórum sempre foram bons para os contribuintes, eleitores e leitores, que têm direito de saber o que passa na administração.
Espero que você entenda que é fundamental haver um coordenador no Fórum, para que os interesses partidárias e questões pessoais não prevaleçam e "espantem" os participantes. Solicito que continue a participar deste Fórum e quem lhe fizer consulta ou crítica diretamente a seu email que envie também cópia para este Fórum ( vtmv@monteverdemg.com.br ), se o assunto for de interesse dos contribuintes, moradores e eleitores.
Att. Egydio Coelho da Silva

FÓRUM MONTE VERDE / CAMANDUCAIA 31 DE OUTUBRO DE 2.006
De: Marco Antonio Sala Minucci
Cidade: São José dos Campos. Estado: SP.  País: Brasil
Para: Fórum de Moradores

Assunto: Barulho de quadriciclos nas trilhas alargadas indevidamente. 

Prezados Srs:
Como é fato notório, o número de quadriciclos particulare e de aluguél estão aumentando incrivelmente em Monte Verde. Como resultado, as áreas inicialmente delimitadas para seu uso não estão sendo mais respeitadas. Trilhas estão sendo alargadas para comportar a largura dos quadriciclos e outras sendo abertas em terrenos particulares cujos donos haviam inicialmente "concedido" direito de passagem a pedestres, a motos do pessoal local, e a cavaleiros em seus cavalos. No entanto, tais trilhas passaram a ser utilizadas pelos barulhentos e, quando não utilizados adequadamente, destruidores quadriciclos e por seus inexperientes condutores (turistas). Ruas sem Saída, escolhidas por seus moradores em busca do sossêgo e da tranquilidade, deixaram assim de o ser pois pelotões de dois, três e até mesmo seis quadriciclos as cruzam a toda a velocidade forçando uma saída através de trilhas irregulares em lotes sem cerca! O que fazer para evitar esse abuso contra a natureza e ao direito ao silêncio, ao sossego e à paz dos moradores de Monte Verde?
 

Clique aqui e veja as mensagens anteriores deste Fórum

1) Se você se sentir prejudicado com qualquer notícia aqui divulgada ou no jornal impresso VOZ DA TERRA e quiser se utilizar do direito de resposta, favor enviar email para:
vtmv@monteverdemg.com.br,
que a sua opinião será divulgada com o mesmo destaque.
2) O coordenador não repassa textos, que contenham ataques ou críticas pessoais. A discussão é para encontrar solução para os nossos problemas.

Primeira página de Voz da Terra - Monte Verde-MG

Participe e/ou fale com o coordenador deste Fórum (por email)

Participe ou fale Conosco de qualquer computador

(Não esquecer de escreve o nome completo e a cidade de onde envia o email)

 

“Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último” . Thomas Jefferson, (1743 - 1826), estadista e ex-presidente dos EUA).

Clique aqui para ver mais pensamentos e máximas sobre liberdade de imprensa

 

FÓRUM DE IMPRENSA, mensagens por email

Escolha o assunto: leia e participe enviando sua mensagem. Não importa sua profissão, grau de instrução, nacionalidade, etc.

Coordenador: Egydio Coelho da Silva

(Em elaboração iniciada em 05-01-2001)

Ultima alteração: 22-09-2005

Acesso à informação  - leis, que permitam

Jornalismo regional

Auto-censura  

Jornalismo virtual

Censura da Justiça Eleitoral

Lei de imprensa - projeto em discussão

Censura do jornalista pela empresa

Leis da mordaça

Censura do Judiciário

Censura por ongs moralistas

 Menor criminoso - proibição de publicar nome 

Crime pela intenção de difamar, caluniar

Monopólio da imprensa

Conselhos regionais de jornalismo

Pensamentos e máximas sobre liberdade de imprensa

Denuncismo e instiuições

Político dono de veículo de comunicação

Diploma de jornalista

Processos contra Voz da Terra-Assis-SP

Entidades representativas de jornais e jornalistas

Propaganda subliminal

Falta de ética entre as empresas jornalísticas

Seqüestro e omissão

Fórum de Imprensa, vale a pena?

Sigilo da fonte-direito constitucional

Imagem – danos morais, direito à informação

Tiragem dos  jornais

Imunidade tributária dos jornais

Veja também:

Indenização imoral por dano moral

Fórum dos jornais de bairro de S. Paulo

Jornalismo "chapa branca"

Todas as mensagens do Fórum de imprensa

Documento sem título
LOGIN
Usuário:
Senha:
Documento sem título
TEMPO
Documento sem título
COTAÇÕES

Documento sem título
PARCEIROS
© Copyright 2003 Jornal Voz da Terra Monte Verde-MG ® - Todos os direitos reservados