Documento sem título

 


Documento sem título
PORTAL DE M. VERDE

Associação Comercial

Câmara M. Camanducaia 

Cartão Postal - Mte. Verde

Edições anteriores
Emancipação

Fale conosco

Fórum moradores
Fotos da Cidade
História de Mte. Verde
Horário de ônibus

Hotéis-Mte. Verde

Índice por assunto

Mapa das trilhas

Mapa das ruas
Mapa de Localização
Prefeitura/Camanducaia
Zé Verdinho/prefeito
ROTEIROS
Gonçalves
Cachoeira dos Pretos
Campos do Jordão
SERVIÇOS
Câmara Federal
CEP

DETRAN-SP

Direito - portal

Lista telefônica
Esoterismo - portal

Receita Estadual-MG

Receita da Fazenda

Senado Federal
Tribunal Sup. Eleitoral

Sup. Tribunal de Justiça
Sup. Tribunal Federal
Tribunal de Contas-MG
BANCOS
Banco Real
Bradesco
Caixa Federal
Banco Itaú
Banco do Brasil
Nossa Caixa-SP
Unibanco
IMPRENSA
Fórum de imprensa
Jornais Brasileiros
Jornal dos Bairros-SP
Voz da Terra-Assis-SP
PORTAL REGIONAL
Cachoeira dos Pretos
Camanducaia-dados
Camanducaia - história
Prefeitura-Cambui-MG
Prefeitura de Extrema

Jornal de Monte Verde 

Diretor Responsável: Egydio Coelho da Silva - Diretora de redação: Suely Silva
Rua dos Eucaliptos, 61 - Monte Verde - Camanducaia - MG - Brasil
Fone: 35-3438-2035 - Fale Conosco

- Bem-vindo !

Prefeito extingue cargo de administrador de Monte Verde


Parece que o prefeito Célio de Farias Santos já tinha a intenção de extinguir esse cargo e o episódio deve ter apressado a sua decisão e um dos motivos foi o fato de utilizar veículo municipal para outra atividade, que não o interesse público.
Questionado a respeito da atitude de Benedito Lopes dos Santos, disse apenas que "foi uma infantilidade".


Benedito Lopes dos Santos (Ditão), ex-administrador de Monte Verde, teria sido detido, no último fim de semana, acusado de retirar pinus na fazenda da Cia. Melhoramento (CM), utilizando, para isso, caminhão da própria Prefeitura.
O prefeito Célio de Faria Santos, ao tomar conhecimento, sem mesmo ter total informação dos fatos, decidiu extinguir o cargo de administrador de Monte Verde.
A notícia, que se espalhou pela cidade, acompanhada de muitos boatos, entristeceu a todos, já que o Ditão da Padaria é pessoa bem quista pela população e participa intensamente da vida comunitária.
Nossa reportagem não conseguiu falar com Ditão para que desse sua versão sobre o ocorrido.
Sabe-se que o relacionamento da CM com moradores, sitiantes e até turista é muito difícil, pois, a CM é rigorosa, quando se trata de defender seu patrimônio e também tudo faz para impedir que pessoas transitem pelas plantações de pinus. Parece haver preocupação com o risco de incêndio.
Em razão de possuir divisa muito extensa, o que a impede de manter sua propriedade totalmente bem cercada, adotou a política de “tolerância zero”, com relação a “furto” de qualquer pinus, ainda que seja para uma pequena árvore de natal.
Vez por outra, turista, inocentemente, resolve colher um pequeno pinus, que vê na beira da estrada, mas que na realidade pode estar na propriedade da CM.
O procedimento é deter o “criminoso” em flagrante e abrir inquérito policial.
É certo que a CM age legalmente, mas se houvesse melhor treinamento de seus seguranças, talvez conseguisse defender seus interesses sem atrito com as pessoas.
Parece que o prefeito Célio de Farias Santos já tinha a intenção de extinguir esse cargo e, esse episódio deve ter apressado a sua decisão e um dos motivos foi o fato de utilizar veículo municipal para outra atividade, que não o interesse público.
Questionado a respeito da atitude de Benedito Lopes dos Santos, disse apenas que "foi uma infantilidade".

Documento sem título
LOGIN
Usuário:
Senha:
Documento sem título
TEMPO
Documento sem título
COTAÇÕES

Documento sem título
PARCEIROS
© Copyright 2003 Jornal Voz da Terra Monte Verde-MG ® - Todos os direitos reservados