VOZ DA TERRA - jornal impresso e virtual de Monte Verde

Diretor: Egydio Coelho da Silva

Opinião de Voz da Terra de Mte. Verde

Janeiro a novembro/2003

VOZ DA TERRA:JANEIRO DE 2.003

A integração política da Comarca é urgente

A falta de sintonia entre Monte Verde e os prefeitos, atual e anteriores de Camanducaia, precisa chegar ao fim e urgente.

Monte Verde não pertence a Camanducaia, nem a São Mateus. 

Assim como o inverso é verdadeiro: Camanducaia e São Mateus não pertencem a Monte Verde. 

Os três compõem o município de Camanducaia.

Da mesma forma, o Estado de Minas Gerais não pertence a Brasília, nem Brasília pertence ao Estado de Minas Gerais. 

Ambos e os demais estados da federação compõem o Brasil.

Por isso, ninguém contesta que o presidente da República seja gaúcho, mineiro, pernambucano, paulista ou de qualquer outro estado. O importante é que seja líder de prestígio e esteja preparado para melhor atingir os objetivos, a que as populações desejam.

Dessa forma, nenhum candidato a prefeito deve ser contestado por ser de Monte Verde, de Camanducaia ou de São Mateus. 

Sabemos que o Governo Fernando Henrique eliminou a facilidade de emancipação de distritos, porque isso criava um dos "esqueletos financeiros". O Governo Federal era obrigado, pela própria legislação, a cobrir o déficit apresentado pelos pequenos municípios. 

E pelo que se observa, essa mesma preocupação tem o governo de Lula da Silva. 

Portanto, a discussão de outro caminho, que não seja a integração política de toda a Comarca, só beneficia prefeito e vereadores, que querem se eximir da responsabilidade administrativa e política para com Monte Verde.

A eleição de um candidato de Monte Verde, que tenha prestígio político na comarca,  para ser o prefeito de Camanducaia, ajudaria em muito a integração em termos de atender as aspirações das três populações, inclusive uma integração municipal como destino turístico mais amplo do que apenas climático.

Além disso, determinará a integração total da Comarca em termos culturais, sociais e políticos.

 

VOZ DA TERRA IMPRESSA DE MARÇO DE  2.003  

 Opinião VT

Transparência

Maquiavel afirma, em um de seus conselhos aos reis, que "um país só se governa com mentiras". Evidentemente, isso funcionava naquele tempo em que não havia imprensa, nem parlamento.

Mas, no município de Camanducaia, que inclui os distritos de Monte Verde e São Matheus, os políticos parecem seguir o conselho de Maquiavel e se esquecem que aqui já existem parlamento e imprensa livre. E, por isso, a mentira tem perna curta.

O ex-prefeito, Dr. Mazinho, quando questionado sobre a aplicação de um porcentual do que se arrecada em Monte Verde no próprio distrito, disse que tudo que se arrecadava aqui era aqui aplicado.

A ACMV, então, solicitou a ele que apresentasse um balancete mensal do que arrecadava em Monte Verde e do que aqui aplicava e, em público, ele se comprometeu a fazer isso e não cumpriu. A sua inverdade foi amplamente divulgada na ocasião.

Para completar, Francisco Peterson (Chicão), quando era administrador de Monte Verde, conseguiu obter e passar para Voz da Terra um demonstrativo, que informava que 75% dos impostos arrecadados no Município vinham de Monte Verde. 

A verdade, somada ao desastre na administração da verba estadual para o asfalto da estrada, levou a tal desgaste que o impediu sequer de tentar a reeleição.

E agora o fato se repete. O prefeito Emydio afirma que tudo que arrecada em Monte Verde aqui aplica. 

Se nem Monte Verde pleiteia que isso aconteceça, porque sabemos que é impossível, para que fazer uma afirmação dessa? 

Sabemos que a existência de uma sub-prefeitura, no distrito, exigiria transparência pela própria legislação, que obriga a publicação do orçamento. E, por isso, os prefeitos não querem sub-prefeitura no distrito. E, para excluir MV de apresentar candidato a prefeito, dizem que são a favor da emancipação do distrito, hoje proibida pela Constituição. 

Como se vê, continuam a cultivar a técnica maquiavélica de governar.

 

 VOZ DA TERRA IMPRESSA ABRIL DE  2003  

 

Opinião VT

Turismo como objetivo

A discussão sobre as vantagens e desvantagens para o município da construção de nova sede para a Prefeitura demonstra já haver melhora nas intenções dos políticos.

O prefeito Emydio diz que pretende transformar o atual prédio, que abriga a Prefeitura de Camanducaia, em museu como atração turística.

É uma evolução e mostra que o atual prefeito vê mais longe do que o anterior, Dr. Mazinho, que preferiu investir em privilégios para trazer indústria para o município.

Sabe-se que a vocação do município de Camanducaia é o turismo, puxado pelo carro-chefe que é o distrito de Monte Verde.

E se houver um entrosa-mento entre Monte Verde e Camanducaia, na busca de oferecer mais atração para quem vem passear na região, a população toda sai ganhando e a Prefeitura também com mais arrecadação de impostos municipais.

Sabe-se que a "indústria sem chaminés", que é o turismo, gera mais emprego do que as indústrias tradicionais. Além disso, muitas vezes, estas são poluidoras.

Essa evolução da mentalidade dos administradores é animadora.

Quem sabe agora amadureça a idéia de nomeação de um secretário de turismo, que teria a responsabilidade de responder por todo investimento em turismo. Não só na divulgação, mas também na infra-estrutura e na melhoria das atrações turísticas da região.

E assim proporcionar mais conforto e opções de lazer a todos os que visitam Monte Verde.

 

VOZ DA TERRA  IMPRESSA  MAIO DE  2003

 Opinião-VT

 Mais eventos em Monte Verde

 

Monte Verde possui naturalmente em abundância o pinhão e se poderia pensar em se fazer aqui também a Festa do Pinhão. Outra data histórica, que precisa ser comemorada e que também seria importante evento, é o aniversário da cidade, que - neste ano, em 29 de novembro -  completa 53 anos.

Monte Verde – principalmente a iniciativa particular – tem procurado fazer eventos, para compensar a falta de uma Secretaria de Turismo, que organizasse acontecimentos e assim ampliasse os dias que o turista permanece na cidade.

Motivo para eventos em Monte Verde não faltam.

Houve, há tempos atrás, a Festa da Maçã, que deixou de se realizar por que a produção dessa fruta diminuiu muito e não mais se justificava.

Mas, Monte Verde possui naturalmente em abundância o pinhão, que começa a cair no final do mês de abril e se poderia pensar em se fazer uma Festa do Pinhão.

Como normalmente não se conta com o apoio da Prefeitura de Camanducaia, sempre omissa em relação a Monte Verde, entidades como igrejas católica e evangélicas ou, talvez até melhor, a Escola Karlis Kempis poderiam ter a iniciativa. Isso inclusive geraria uma receita que seria aplicada na melhoria do ensino e na qualidade de vida social de crianças e adolescentes. Há ainda que se observar que um evento, como a Festa do Pinhão, iniciada em abril, despertaria o interesse da mídia especializada, justamente no início da temporada em Monte Verde, que se inicia em maio e vai até o final de julho.

Outra data histórica, que precisa ser comemorada e que também seria importante evento, é o aniversário da cidade, que neste ano, em 29 de novembro, completa 53 anos. Foi neste dia, em 1.950, que Verner Grinberg assinou escrituras, vendendo os dois primeiros lotes de terra de sua antiga fazenda, onde hoje se localiza Monte Verde.

Tratar-se-ia de evento em data importante, pois, seria início de dezembro, que também pode ser facilmente divulgado na mídia e faria com que as férias de dezembro e os feriados prolongados de final de ano tivessem aumento de freqüência.

Evidentemente sempre contando apenas com iniciativa de entidades de Monte Verde, pois, se se procurar a Prefeitura, as promessas virão, mas com certeza faltarão verba e vontade política para sua realização.  

VOZ DA TERRA  IMPRESSA,  DE NOVEMBRO DE 2003 

Editorial

* O fim do ano se aproxima. É preciso lembrar a todos os comerciantes e empresários para providenciarem os enfeites de Natal. A Associação Comercial de Monte Verde está com um projeto de decoração para a avenida principal e avisa a todos, que estiverem interessados em contribuir para que MV fique iluminada, se dirijam ao Portal e se informem melhor sobre o assunto.

* Bom! Este mês o Voz da Terra entrou no espírito de festa devido às comemorações do aniversário da cidade e resolveu recordar os velhos tempos, ou seja, desde a chegada da família Grinberg ao Brasil até o surgimento da famosa “Suíça Mineira”.

“Vou transformar aquilo em uma cidade”, disse Verner ao prefeito Emydio há cinqüenta anos atrás, conforme o prefeito nos relatou em seu gabinete recentemente. O Sr. Verner é realmente um homem de garra e merece todas as honras e o nosso respeito. 

É por isso, que no dia 29 de novembro iremos hastear a Bandeira do distrito e homenagear o Senhor Verner e dona Emilia, que, juntos, lutaram para construir MV.

Vários outros pioneiros merecem ser lembrado, por exemplo, o médico Paulo Yazbek, que cuidou da população nos seus primórdios, trazendo remédios gratuitamente do hospital Santa Cecília-SP, onde trabalhava. São muitos os que contribuíram com MV e me perdoem se esquecer de alguém. Para falar de todos seria preciso várias edições.

* A cidade que desapareceu, o Ponciano, também foi lembrada pelo VT. Consegui uma entrevista inédita com o Sr. Sebastião, que cresceu naquela região e me contou histórias formidáveis, inclusive a sua amizade com o misterioso “Negão da Serra” e as brigas com o “tomado de conta” da Cia de papel. 

Se você não conhece esta história e nunca ouviu falar no tal “Negão”, que morava num rancho ao pé da Serra dos Ponciano, terá a oportunidade de saber tudo sobre ele, inclusive a música cantada pelos violeiros Sr. Nassif e Sr. Matheus.

* Lembrando a todos que no dia 29 de novembro teremos as comemorações de aniversário na Chácara Adélia. Às 10 horas da manhã o hasteamento da bandeira. Teatro para crianças e adultos com entrada franca e após Recital com o pianista André Roberto. Também fazendo parte das comemorações, alguns restaurantes estarão participando do Festival do Javali.Contamos com a presença de todos!

Suely Silva, diretora de redação

 

 

 

 

 

(FIM DAS NOTÍCIAS)

 

Índice por assunto

Opinião de meses anteriores

Página inicial - Menu geral

Fale Conosco

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br