VOZ DA TERRA - jornal impresso e virtual de Monte Verde

Diretor: Egydio Coelho da Silva

IMPRENSA REGIONAL: JUNHO DE 1.999 A MAIO DE 2.002

 

 

VOZ DA TERRA – JUNHO de 1.999

 

Independência não é oposição

 

O prefeito de Camanducaia, pressionado por vereador fisiologista, chegou a confidenciar a algumas pessoas que "tirar a Associação Comercial do Portal é uma questão de honra".

Este pensamento do Dr. Mazinho deixa bem claro que ele não aceita a linha independente de VOZ DA TERRA.

De fato, fazer jornalismo independente em Monte Verde e Camanducaia não é fácil.

Talvez no meu caso, que exerço hoje dois papéis sociais, que é o de tentar fazer jornalismo independente e o de ser presidente da Associação Comercial de Monte Verde seja mais difícil.

Procuro compreender bem os meus papéis e me esforço para não misturar as duas funções.

Porém, o Prefeito de Camanducaia e os políticos misturam as coisas provavelmente pelo interesse, que eles têm em continuar a exercer o  cargo sem preocupação nenhuma com a transparência de seus atos.

Aprendi, desde os tempos de colégio, que não devemos combater as pessoas, mesmo que aparentemente sejam más. Devemos sim combater idéias e atos, que nos pareçam errados e prejudiciais ao bem comum. 

Por isso, procuro o diálogo com o Prefeito, com os auxiliares do Prefeito, sempre que o interesse da ACMV, de Monte Verde e da verdade sejam imprescindíveis para bem cumprir as minhas duas funções: de jornalista e de presidente da ACMV.

Nem sempre sou bem atendido e sofro pressão por todos os meios e por todas as formas, para que deixe de fazer um jornalismo independente.

Meu temor é que eles consigam. E, em vez de manter uma postura independente, caia na tentação de editar um jornal totalmente a favor dos oposicionistas.

Deixaria de procurar ouvir o Prefeito e seus auxiliares e daria espaço exclusivamente à oposição. Isto contrariaria meus princípios morais e infringiria o conceito de profissionalismo correto, que aprendi nos bancos escolares e nos trinta e sete anos de exercício de jornalismo regional.

Por isso,  por mais que me forcem, me recuso a fazer jornalismo, que elege alguém como inimigo e vilão.

 

Insisto que devemos

estimar as pessoas.

O que deve estar em pauta 

são suas idéias e atos.

 

É certo que precisamos entender que ninguém gosta de ser criticado. Principalmente quem exerce algum cargo público e depende do apoio da opinião pública para alcançar seus objetivos políticos. E nenhum político, desde o Prefeito de Camanducaia até o presidente dos Estados Unidos, gosta de ser criticado e que chargistas façam o povo rir com piadinhas sobre eles.

Isto, porém, "é o ônus de quem é importante e exerce cargo público. 

É preciso ser tolerante para com a Imprensa, que precisa de liberdade para poder informar e externar seu pensamento", como ensina Freitas Nobre em seu livro Leis de Informação.

A tolerância para com a intolerância dos políticos também precisa ter limite.

E nos parece que o fato da Prefeitura de Camanducaia estar tentando expulsar do Portal a Associação Comercial de Monte Verde, que vem fazendo ali trabalho sério - com o objetivo de pressionar a linha editorial de VOZ DA TERRA - só prejudica a comunidade.

E se o Prefeito conseguir seu intento, com certeza, a mim não me prejudicará. Ao contrário, terei mais tempo para melhorar a qualidade editorial de VOZ DA TERRA.

E.C.S.  

VOZ DA TERRA – 06 DE JULHO DE  2.001

Texto do debate, coordenado por Walter Monacci  em Monte Verde

  E: SR. EGYDIO (PRESIDENTE DA ASSOC. COML. DE MONTE VERDE)

De: Egydio Coelho da Silva:

Em resposta ao vereador Rúbens Mungioli, cabe-me informar que as matérias divulgadas em VOZ DA TERRA on line, me são enviadas pela jornalista Suely Silva e eu as reescrevo colocando minha opinião e ouvindo as pessoas que posso e/ou acho importante ouvir.

O próprio texto abaixo explica quem deu a informação e eu, pessoalmente, acho que os poderes devem ser harmônicos entre si, como sugere a Constituição Federal, para o bem da comunidade. Por isso a nossa opinião abaixo.

De qualquer forma, nossa intençao é sempre divulgar fatos, sem tomar partido pessoal de quem quer que seja; provocar o debate para que o assunto seja esclarecido e acho que o objetivo foi conseguido, com as explicações do presidente da Câmara, que confirmam as divergências entre a Câmara e a Prefeitura e do Vereador com o Prefeito.

De qualquer forma me parece salutar a existência de divergência, desde que não vire intransigência de ambas as partes.

"As divergências entre a Câmara dos Vereadores e o Prefeito estão atrapalhando bastante a administração municipal. O Prefeito alega que o Presidente da Câmara resolveu dificultar a aprovação de seus projetos em virtude de divergência com a administração em Monte Verde, principalmente relacionada com a atuação do admnistrador de Monte Verde".

 VOZ DA TERRA – 05 DE JULHO DE  2.001

Texto do debate, coordenado por Walter Monacci  em Monte Verde

DE: SR. WALTER CARLOS CESTARO

Prezado Walter,

moro em SP e tenho uma casa em MV na Rua Ouro Verde que fica após o Cabeça
de Boi. Já frequento MV há 5 anos.

Até há pouco tempo estava acompanhado notícias de MV através do acesso
www.monteverdemg.com.br Voz da Terra.

Ultimamente não tenho visto mais notícias.

Fiquei sabendo que as informações via debate prosseguem. Solicito, se
possível, enviar notícias para o e-mail de minha casa em SP cujo endereço
está em nome de meu filho: = marcelbian@uol.com.br

Acho muito importante esta divulgação de notícias e só resta me parabenizar
a todos pela iniciativa.
Walter Carlos Cestaro

VOZ DA TERRA  – 16 DE NOVEMBRO DE  2.001

 Igor JR 

igorjr@microita.com.br

Itapeva-MG

Email recebido

 

Os textos cedidos pelo jornal voz da terra serão reproduzidos, pelo Jornal Pedra Chata

em Itapeva mg. Agradeço a disponibilização dos textos.

 Atenciosamente

 Igor JR

Responsável. 

DROGARIA

SANTOS

Medicamentos e Perfumaria

 

 Rua dos Eucaliptos, 08

Fone/fax:

(0xx35) 3438-1616

Monte Verde –MG

XXXXXX

 

BOM JESUS

 

Laboratório de análises clínicas

Exames: sangue – fezes – urina Papanicolau – pezinho

 “BEM MAIS PERTO DE VOCÊ”

 Fone: 3438-1348

Rua dos Eucaliptos, 62 – Monte Verde

XXXXXX

 

TONINHO ROSA

Chalés

 Mais de 60 modelos diferentes de casas, chalés e apartamentos.

Com acomodações para 2 a 10 pessoas

Av. Monte Verde, 220.

Reserva: (0XX35) 3438-1134 ou celular: (035) 9842939.

 

XXXXXX

 

RECANTO DOS PINHEIROS

 

CHALÉS  E APARTAMENTOS

 

Acarpetados c/TV, lareira, frigobar, hidromassagem e café da manhã.

RESTAURANTE NO LOCAL

Reserva: (0**35)

3438-1562 – Clis ou José

Rua da Baixada, 413

Monte Verde-MG

 

XXXXXX

HOTEL DAS VIDEIRAS

(R. do Luar, 2.310)

              &                      

PORTHAL DAS VIDEIRAS

 

Av. do Sol Nascente, 2.384)

 Email: porthaldasvideiras@micropic.com.br

Chalés de luxo e superluxo com Hidromassagem, lareira, TV,

frigobar, aquecimento central, estacionamento, Piscina,

sauna, toboágua.

 

RESTAURANTE: Tropeiro de Minas  

Av. Sol Nascente, 1284

RESERVAS: (X0035) 3438-132

XXXXXX

 

PANIFICADORA

PICO DO SELADO I e II

 

Onde você encontra bolos, doces,

enlatados, frios e uma grande variedade de pães: francês, de centeio, de milho, de ervas e de batata.

Rua dos Eucaliptos, 135 e Rua das Chácaras, 95

Telefone: (0XX35) 3438-1552 - Monte Verde (MG)

 

XXXXXX

 

DISK ÁGUA E

GÁS DU BRANCO

Gás P2 - P13 - P45

 

Temos lenha e carvão.

Entregas a domicílio.

 

Fone: 3438-2452

Celular: 9961-7890

Rua Afonso Ribas, 67

 

XXXXXX

 

D’MONT’S

 

Telas, alambrados sob medida por encomenda. Plastificadas em cores variadas e galvanizadas.

Fone: (X0035) 3438-1592 c/ Rodrigo

Rua do Luar, 14

 

XXXXXX

 

POUSADA CHALÉS

 

RECANTO DO SELADO

Estrada Monte Verde / Camanducaia, km 25 – Telefone: (0xx35)-3438-1832

 

 Chalés com TV, frigobar, lareira. 

 

CACHOEIRA

 

Diária para duas pessoas:

 

COM CAFÉ DA MANHÃ

 

VOZ DA TERRA 19 MAIO DE  2.002 

Email recebido 

De: Marcelo Mungioli

Cidade: Rio de Janeiro-  RJ
  marcelo.mungioli@globo.com

Gostaria de parabenizar ao Voz da Terra e aos web redatores desta página, pelo excelente trabalho que vem realizando.
Parabéns.
Mesmo sem conhecer a cidade, vê-se que uma imprensa livre acaba por fazer a diferença.

Marcelo,

Grato pelo seu incentivo. Haveremos continuar com nosso esforço para que haja bastante liberdade e transparência nas coisas que acontecem. Sempre achamos que o pior problema é aquele que ainda não está sequer sendo discutido.

Egydio Coelho