HOTÉIS DE MONTE VERDE - FÓRUM 07 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Hristos da Torre Branca

 

Ola sr. Egydio, é o Hristos da Torre Branca

eu sei que a situaçao nao esta boa para ninguem, mas venho atraves desta cobrar aquela promessa de mudar  a listagem da  Associaçao e tentar compensar as pousadas pequenas,  para ver como que fica, lempra-se ja vai para dois anos a promessa

de mexer na listagem, espero que nao justifique de maneira nenhuma, mesmo  porque os Hoteis grandes pagam o mesmo que nos pequenos e sempre tem o privilegio de figurarem  no começo  obrigado antecipadamente

Hristos Torre Branca

Hristos,

De que estou lembrado, eu lhe disse, na ocasião, que gostaria de ouvir mais pessoas sobre o assunto. 

Como ninguém mais se manifestou, temos mantido o critério de colocar em ordem de preço, iniciando pelo com o preço mais alto de sua categoria,  conforme a quantidade de unidades e os serviços inclusos na diária. 

Na minha opinião, é o melhor critério já que o objetivo é prestar informações para facilitar a estada e estimular o retorno do turista a Monte Verde, com qual, me parece, a maioria dos associados concordam.

De qualquer forma, estou repassando seu email, com este comentário, a todos os hoteleiros de Monte Verde, cujo email consta de minha lista. E conforme a resposta e manifestação deles, poderemos até alterar o critério.

Abraços.

Egydio

 

 10 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Maria Ascension,  Pousada Bosque

 

 Sr. Egydio                                        
Concordo em alterar a disposicao dos hoteis ou pousadas
tanto no jornal como na internet, pois dificilmente
recebo hospedes  atraves da ACMV, pois se torna
interessante essa alteracao,  os pequenos tambem merecem
o previlegio de estar na parte de cima, poderia alterar
comecar pelos menos de 10 inverter a situacao e baixo
para cima e os de cima para baixo os do fundo para o
comeco e os do comeco para o fim, pois a mensalidade e
igual para todos pelo que sei, os do inicio sempre sao
mais visiveis, gostaria que essa alteracao fosse feita
para o proximo jornal VOZ DA TERRA, essa alteracao
deveria variar ha cada edicao. 

Grata
 Pousada Bosque

 Maria Ascension

 

Maria,

Grato pela sua manifestação. 

Sabendo o que todos pensam fica mais fácil chegarmos a um ponto de equilíbrio e mais próximo da verdade.  

Minha preocupação maior é a de que os hoteleiros têm sido acusados de que querem colocar o serviço de informações turísticas para atender apenas a seus interesses, sem preocupação com a finalidade maior que é o de prestar serviços ao turista.

Não se pode perder de vista essa finalidade primordial do Setor de Informações Turísticas do Portal. 

Por isso, eu gosto mais quando as pessoas discutem a melhoria do serviço, com essa finalidade e não apenas sobre o proveito comercial ou individual do serviço ali prestado.

Ainda entendo que a  forma em que vem sendo colocado no jornal e na internet atende mais a finalidade de informação ao turista, sem prejudicar ninguém.

Todavia, a sua é a segunda opinião, a favor da modificação e, se prevalecer sua sugestão e a do Hristos, com certeza haveremos de encontrar uma fórmula, que corresponda ao interesse da maioria, desde que não prejudique a informação clara e objetiva ao turista, para que possamos continuar a cumprir o princípio "de não fazer indicação de hotel nenhum, mas de oferecer todas as informações ao turista para que ele mesmo faça a sua escolha".

Vamos aguardar mais manifestações.

Atenciosamente,

Egydio 

 

 10 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Dante Jr.

 

Olá Egydio, tudo bem?

A minha sugestão é que os associados figurem em ordem alfabética com seus telefones, sites e E-mails. E que não sejam mencionando os preços de diárias, pois creio que com os valores das diárias mencionadas fica muito difícil comercializar por exemplo os feriados prolongados. Sugestão também para o jornal.

Dante Junior

 

Dante, grato pela participação. 

1) A sugestão de ordem alfabética é boa porque os hotéis mais conhecidos e que têm mais divulgação são mais facilmente localizados pelo turista; Surge, porém, o efeito colateral, que já vi, pois, donos de pousada que mudaram o nome de sua pousada para figurar em primeiro lugar; um, por exemplo, chegou a mudar sua Pousada X, para "A Pousada X";

2) Quanto ao preço, acho que se a finalidade do serviço de informações é prestar esse serviço ao turista. E a  informação principal e primeira é o preço da diária. 

Não se pode perder de vista, que a finalidade do Setor de Informações Turísticas é prestar informação que interessa ao turista e não somente ao comerciante.

3) Acho que o turista - como acontece em todo mundo - sabe que, na época de alta, os preços sobem, pois, a Lei da Oferta e Procura é universal e não somente de Monte Verde. Tenho respondido dessa forma, quando sou consultado pela internet e não tive contestação nenhuma. 

O turista que faz pergunta sobre essa diferença de preço, quer apenas uma explicação ou se ater a algum argumento para negociar preços. 

Por isso, no nosso website na internet os preços normais dos hotéis são classificados pelo link " * Preços normais – baixa temporada

e os preços para feriados prolongados em  

* " Preços para feriados – alta temporada". 

O turista é inteligente e entende, mas, ao mesmo tempo, procura sempre levar vantagem, como todo mundo nos dias de hoje em que o dinheiro anda curto, com juros altos e depósitos compulsórios obrigatórios, que enxugam o dinheiro em circulação, empobrece a todos e "esconde" a inflação.

Abraços.

Egydio

 

  HOTÉIS DE MONTE VERDE - FÓRUM 11 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Eurico Cioban - Áustria hotel

 

A sugestão do Dante Jr. é perfeita: ORDEM ALFABÉTICA E SEM MENCIONAR VALÔRES.

 PORQUÊ?

   Imagine-se como se fosse um turista chegando à Monte Verde.

        HOTEL OU POUSADA   " X "....... valor da diária.......R$ 340,00

       HOTEL OU POUSADA    "Y"........ valor da diária.......R$  40,00

 A diferença é brutal: com uma diária do HOTEL OU POUSADA "X "  (R$ 340,00), conseguirei pagar 08 diárias e meia no HOTEL OU POUSADA "Y " (R$40,00). Algumas opções a mais conseguem explicar essa diferença?

É o HOTEL "X " que está furtando ou o HOTEL "Y " que está velipendiando? como saber?

Quem conseguirá explicar ao turista o motivo desta diferença? Esta desproporção com certeza confunde a cabeça de qualquer um.

  A finalidade do Setor de Informações Turísticas, é de prestar informações e não CONFUNDIR R$ 340,00 ou R$ 40,00? 

Onde vou me instalar? 

A diferença me faz entender que os preços não condizem com a realidade! Algo está errado.Começo então a percorrer diversos HOTÉIS E POUSADAS, na esperança de melhor preço, acomodações requintadas com preço baixo etc. 

Fico examinando, negociando, pechinchando,andando de Hotel em Hotel até me cansar e me instalar em algum deles (sempre imaginando que conseguiria algo melhor com menor preço). A sensação é de que estão me lezando.

              ( A DESCRIÇÀO ACIMA FOI EXTRAÍDA DE RECLAMAÇÕES DE DIVERSOS HÓSPEDES COM QUEM ME RELACIONEI). 

  Com relação ao "A " colocado na frente dos nomes, na minha opinião é algo que  gostaria de testar. Acho que os donos de Hotéis e Pousadas, inteligentes que são, teriam noção da ridícula alteração.

 Gostaria de aproveitar esse e-mail e sugerir para os donos de Pousadas e Hotéis que atentassem para o preço da diária que a cada mês cai, enquanto nossas despesas continuam aumentando. Estabeleceu-se uma concorrência enganosa, que prejudica à todos, alterando o nível de nossos visitantes e criando uma disputa inglória.

Por tudo isso e para igualar todos, optaria pela :  ORDEM ALFABÉTICA E SEM MENCIONAR VALÔRES.

Agradeço à todos pela compreensão.

 Atenciosamente,

Eurico Cioban.

 

11 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Dante Jr.

 

Olá Egydio

Eu creio que informar os preços é uma atribuição do centro de informações através de uma lista geral, mas somente enviada para os hospedes que assim solicitarem. Pois será talvez o primeiro critério para a escolha do meio de hospedagem.

Mas quando o critério inicial não for os preços, na verdade estaremos estimulando que o sejam.

O Turista não quer "Levar Vantagem", mas no  momento que o hoteleiro demonstra que não sabe se seu próprio preço está justo e correto o hospede PECHINCHA pois não quer pagar a mais do que vale a diária.

Outro critério seria o sorteio periódico, por exemplo de seis em seis meses.

A variação de preços são necessárias pois ao final de um ano de trabalho teremos que fechar nossas contas, teremos baixa temporada com  sobra de vagas e alta temporada com falta de vagas, pois somos no geral hoteis de lazer, diferente de hotéis de negocio que tem uma procura constante durante todo o ano, mas no final do ano teremos que cobrir nosso orçamento.

 

13 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Eva Fuchs

 

Prezado Sr. Egydio, a minha sugestão, com referência a divulgação no jornal e internet é a seguinte: primeiramente  usando símbolos do que o hotel ou pousada tem a oferecer, seguidos do nome ( pela ordem alfabética) e em seguida ( a critério dos proprietários) os devidos valôres. Acredito que esta seja a forma mais simples para o turista " se localizar " . Abraços, Eva Fuchs.

 

17 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Pousada Girassol

 

Prezado Egydio,
É evidente que cada um está pensando em seu negócio e esquecendo o turista.
Imagine a seguinte situação e coloque-se no lugar do turista.
Voce chega no ponto de informação turistica (PIT), pede informação de hospedagem
e lhe entregam uma lista de hoteis e pousadas, por ordem alfabetica, e sem
indicativo de preços/
- dai voce escolhe alguns, pega o endereço e sai pela cidade verificando
o que voce acha do hotel e o preço. Por acaso voce escolheu 3 dos mais caros
ou 3 dos mais baratos
- o que o turista vai pensar da cidade? que é um absurdo de cara ou só tem
qualidade inferior que não lhe condiz!!!
Daí ele volta para mais informações, até que depois de horas consegue alguma
coisa. Mas que maravilha.
Será que é isso que o turista espera de um PIT? Obvio que não. Como em qualquer
lugar com um minimo de desenvolvimento e de interesse pelo turista, o que
o PIT deve fazer é atender o interesse do turista, ou seja, que tipo de
hospedagem ele deseja, qual a base de preços que ele deseja pagar, mais
perto do centro ou mais afastado, etc. Com essas informações o atendente
pode oferecer um leque de hospedagem que facilita ao turista sua decisão.
Não é isso que nós encontramos quando viajamos para lugares um pouco mais
desenvolvido que a nossa pobre e maltratada Monte Verde, por parte dos politicos
e agora também por parte da Associação?
Que pobreza!!!
Desculpe se estou sendo muito amargo.

 

20 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Dante Bacchi

 

Olá Egydio tudo bem?

Eu creio que todos os associados são iguais e, portanto, nos veículos da Associação de divulgação não pode constar nenhuma forma de discriminação seja: regime de alimentação, numero de unidades, categoria ou preços praticados, como se trata de divulgação os telefones, endereço, Site e E-mail seria o justo. E para os Turistas que procurem o portal por telefone, Correios,

E-mails ou pessoalmente e que solicitem como por exemplo:

- Olha eu gostaria de me hospedar em um estabelecimento que me ofereça: ........   E gostaria ou posso pagar...............

Ai então a Associação informaria e passaria uma lista com as informações solicitadas.

O resto e transformar a Associação e ou Portal em ponto de venda.

 

Dante,

Obrigado pela sua participação. Acho que devemos trocar idéias até chegarmos a um consenso. Eu, porém, entendo que devemos dar o maior número de informação ao turista, desde preço a tudo o que ele pode encontrar no hotel. Assim, evitamos consulta por telefone e pessoalmente, pois, pela internet ou no jornal ele obtém as informações que deseja, sem ter que perguntar a ninguém.

Hoje, por exemplo, na internet, o interessado tem a relação de todos os hotéis filiados à ACMV,  pelo preço, pelo tamanho do hotel, pela localização no mapa da cidade, pelos serviços inclusos na diária e com links para seus respectivos wesites, que o turista pode acessar e completar as informações, que deseja e precisa.

Acho que o objetivo deve aumentar e racionalizar as informações, para que realmente prestemos o melhor serviço aos turistas. 

Acho que a sugestão de Eva Fuchs de usar "símbolos do que o hotel ou pousada tem a oferecer, seguidos do nome ( pela ordem alfabética) e em seguida ( a critério dos proprietários) os devidos valores", viria aumentar o volume de informação ao turista. Não pensei ainda na forma técnica de colocar isso na internet e no jornal. Mas vamos continuar a discutir o assunto, com muita liberdade e na expectativa de que cada um diga o pensa na busca de uma melhor solução. 

Abraços.

Egydio

 

20 MAIO DE  2.002

Email recebido 

De: Gustavo Arrais

 

Caro Egydio

boa tarde !

Sabe que chega ser engraçado algumas propostas como de não divulgar o preço ou categoria ( lazer, pousada casal, fazenda, etc ) não conte muito estas idéias, pois, ao contrario de sermos chamados Suíça brasileira, vamos ser a Portugal brasileira.

Se continuar com estas idéias vai ter um guia completamente em branco e um atendente no Pit cego, surdo e mudo.

Devia ser contado como piada!

Forte Abraço 

Gustavo Arrais

Gustavo, grato pela participação.

Embora ache, como você,  que devamos dar todas as informações aos turistas, nesta troca de idéias descontraída por email, todos, sem constrangimento, devemos dizer o que pensamos, num verdadeiro "brain storm", pois, é assim - como dizem os psicólogos - que aparecem idéias criativas. 

Acho que todas as idéias nesta fase da discussão são válidas e servirão para o aperfeiçoamento do serviço. 

Abraços.

Egydio

 

22 MAIO DE  2.002 (fee)

Email recebido 

De: Dante Bacchi

 

Olá Egydio

Dar informações é a obrigação do portal, mas divulgar o preço em jornal ou Internet como principal motivo para o turista vir a Monte Verde?. E as demais atrações de Monte Verde e dos próprios estabelecimentos. Isto sim é o nosso diferencial.

 

Dante,

As informações sobre hotéis são fornecidas apenas aos internautas, que buscam informação sobre hospedagem. 

Informações sobre atrativos de Monte Verde se encontram em outras páginas, como eventos, passeios, clima, etc.

Abraços.

Egydio

 

HOTÉIS DE MONTE VERDE - FÓRUM EM 31 DE OUTUBRO DE  2.002 

 

Prezados colegas,

Fui procurado por uma pessoa que se apresenta como sendo procurador geral da Receita Federal e inicialmente transmite a idéia de que pretende fiscalizar o hotel. 

Deixou o telefone para falar com ele através de um secretário no horário das 14h às 17h

Mas, na conversa telefônica, além de dar a idéia de que está tendo simpatia pela gente e por isso não haverá qualquer fiscalização, propõe que se faça anúncio em uma revista que circularia junto aos órgãos interessados na administração fazendária federal.

Se algum colega for  procurado pela mesma pessoa e entender que deve fazer anúncio, que faça, mas evidentemente a revista não pode estar ligada diretamente aos órgãos fazendários, pois seria ilegal e imoral. 

E muito menos ninguém terá represália nenhuma caso não faça anúncio, mesmo porque isso implicaria em crime e acho que quem procede assim, insinuando mistura de cargo público com contacto de publicidade,  já está de certa forma cometendo infração criminal ou no mínimo civil.

Já vi há tempo atrás alguns veículos, que noticiam assunto de interesse da polícia e do judiciário, proceder assim, mas fazendários é a primeira vez.

Atenciosamente,

Egydio Coelho da Silva

 

HOTÉIS DE MONTE VERDE - FÓRUM EM 02 DE NOVEMBRO DE  2.002 

De: Vicente Forlenza

Para: Fórum de Hotéis de Monte Verde

 

Caro Egidio:

 

Infelizmente Monte Verde está na mira dos " APLIQUES" que os famosos e inescrupulosos  agentes da policia , continuam insistindo em praticar.

Já fui vitima disso em Santos, em meu antigo escritório.

Mas eles não tem interesse em prejudicar ninguém , só em arrecadar dinheiro para as revistas que ninguém vê. A problema é que uma vez que se faz o anuncio, eles não desgrudam mais.

 Sds

Vicente Forlenza Neto

 

Página principal da Associação Comercial-Acmv

Fórum de hoteleiros e empresários mensagens recentes

1) Participe do Fórum de Hotéis, enviando sua sugestão e opinião por email para: vtmv@monteverdemg.com.br 

2) Pensamento a ser cultivado: "Não concordo com uma só palavra do que dizes, mas defenderei até a morte o teu direito de dizê-la", Voltaire.

3) Se você se sentir prejudicado com qualquer notícia aqui divulgada  e quiser se utilizar do direito de resposta, favor enviar email para: vtmv@monteverdemg.com.br , que a sua opinião será divulgada com o mesmo destaque.

 

4) As mensagens, que contiverem informações de interesse coletivo, mas também contiveram críticas de ordem pessoal, serão repassados a todos somente seus  textos de interesse geral.

6) Caso não queira receber mais este tipo de mensagem ou a esteja recebendo em duplicata, favor avisar que tirarei seu endereço eletrônico da lista.

Atenciosamente,

 Egydio Coelho da Silva, coordenador do Fórum de Hotéis de Monte Verde