VOZ DA TERRA - jornal impresso e virtual de Monte Verde

Diretor: Egydio Coelho da Silva

ESTRADA M. VERDE / CAMANDUCAIA:  FEVEREIRO/2.002 a MARÇO/2.003

 VOZ DA TERRA  (Impressa)– 01 DE FEVEREIRO DE  2.002 

 

*Com a saída do diretor de DER-MG,

Maurício Guedes, o problema do recapeamento do asfalto Camanducaia- Monte Verde, pode voltar a “estaca zero”. Segundo o prefeito Emydio, novas negociações estão sendo feitas com o novo diretor. O Prefeito afirmou que, no mês de fevereiro, fará um balancete de todos os gastos e o quanto Monte Verde lucrará neste ano de 2002, ou seja, o que será feito em seu benefício.

As constantes chuvas

deste mês de janeiro fizeram com que todos os buracos, que foram tampados, aparecerem novamente. A operação Tapa Buracos da Prefeitura não funcionou.

 

VOZ DA TERRA on line - 05 DE FEVEREIRO DE  2.002 

Carnaval sem buracos

Caso não chova até o carnaval, turistas e moradores poderão chegar a Monte Verde sem o inconveniente e o transtorno dos buracos da estrada. Atendendo as reivindicações, que alguns moradores fizeram ao Prefeito no dia 24 de janeiro, a Prefeitura resolveu atender o pedido de executar o plano de emergência, tapando novamente os buracos da estrada que liga Camanducaia a Monte Verde, que começou no dia cinco de fevereiro.

O administrador Distrital Estevan Porto está acompanhando a operação "tapa buracos”, com um trator abrindo valetas laterais para escoação de água. 

“Isso vai evitar que a chuva arraste a terra e o cascalho colocado na estrada”, explicou ele à VT on line.

Quem passar pela estrada durante o feriado de carnaval vai sentir a diferença. Pelo menos de MV até a ponte do Guilhermão em Melhoramentos não se vê buraco algum. A decepção do turista será ao entrar na vila e se deparar com os buracos na rua que continuam no mesmo lugar. SS

 

VOZ DA TERRA  – 05 DE FEVEREIRO DE  2.002 

Email recebido

Fabiana Cerione 

São Paulo-SP

Prezado Egydio

A algum tempo atrás conversamos sobre a situação turistica de 

Monte Verde, neste final de semana estive ai e fiquei completamente decepcionada, a estrada Camanducaia/Monte Verde já era ruim e agora está completamente intransitável, não consigo acreditar que a prefeitura não esteja fazendo nada para melhorar, e os hoteleiros, moradores, comercio ? como vcs estao vivendo em meio a lama e tantos buracos ?

Gostaria de saber o que aconteceu e quais as providencias estão sendo tomadas para solucionar de vez este problema sério e preocupante da perigosaa estrada e conservação da cidade.

Sou agente de viagens e não indico a nenhum cliente que visite Monte Verde na atual situação, imagino que o turismo tenha caido e muito, só não consigo imaginar que ninguém esteja procurando melhoras...

Por favor, me envie noticias, estou pensando em fechar negócio com uma Pousada, mas antes preciso saber da situação.

Obrigada pela atenção, aguardo um retorno.

 

Abraços Fabiana Cerione

Fabiana Cerione

Gerente de Operações

FK OPERADORA TURÍSTICA E VIAGENS LTDA

Av. São Luis, 112 - 2o. andar - Cjs 203-204 - Centro

São Paulo - SP - Brasil - Cep: 01046-000

Fone/Fax: 55 (11) 3129-3222

E-mail: fcerione@fkoperadora.com.br

Home page: www.fkoperadora.com.br

EMBRATUR: 09396-00-41-2 / IATA: 69596252

 

Fabiana,

Na verdade, Monte Verde está crescendo rapidamente e, como acontece com toda as cidades, que crescem com rapidez, a infraestrutura não acompanha o seu crescimento.

De qualquer forma, a nossa estrada - embora com muitos buracos - está melhor do que já esteve quando não tinha asfalto e, muitas vezes, ficava intransitável, a ponto de ser impossível chegar a Monte Verde. 

Hoje existem buracos, mas é perfeitamente transitável e não há perigo de deslizamentos, como acontece em muitas estradas pelo Brasil afora. E os buracos tornam a viagem mais demorada, mas - como os veículos andam devagar - se torna mais segura, contra acidentes mais graves.

Por outro lado, como se vê pela notícia acima, parece que a Prefeitura já está tomando providências para solucionar o problema.

Grato pelo seu email.

Egydio Coelho 

 

VOZ DA TERRA ON LINE EM  09 DE JULHO DE  2.002(fee)  

Até que enfim... a promessa foi cumprida

Por Suely Silva

Depois de muitas reivindicações de moradores, representantes de associações de MV  e promessas políticas, para a execução da tão sonhada estrada que liga Camanducaia a Monte Verde, recebemos a notícia que foi assinado hoje de manhã (09/07), pelo Governador do Estado, Itamar Franco, um despacho liberando verbas para o asfalto de MV.

A iniciativa partiu do ex-secretário de Turismo e candidato a Deputado Estadual, Manoel Costa, que durante visita a cidade de Monte Verde no mês passado, para à entrega do Selo Turístico aos empresários, pôde presenciar de perto o abandono do distrito e as péssimas condições da estrada. Manoel Costa, disse no evento que iria pleitear junto ao Governo de Minas Gerais a liberação da verba para o asfalto de MV.

A notícia chegou a redação do VOZ DA TERRA, através do representante do circuito de MV, Dante Bach Júnior, e do Presidente do circuito Djalma Rocha, que receberam a notícia pela manhã do próprio ex-secretário Manoel Costa por telefone.

A verba liberada pode chegar a 2 milhões, valor estimado pelo ex-secretário dos Transportes- DER-MG, Maurício Guedes, que na ocasião antes da exoneração do cargo, mediu e elaborou o orçamento da estrada que liga Camanducaia a MV.

Segundo informações à redação de VT, o prefeito Emydio Moreira Filho viajou hoje ( 09/07) a Belo Horizonte para prestar contas ao Governo, de verbas que não foram gastas para a execução do tal projeto. A verba só será liberada depois da prestação de contas, e a obra será realizada por uma empreitera. Enquanto isso, aguarde mais notícias após a chegada do prefeito de BH.

 

VOZ DA TERRA em 10 DE JULHO DE  2.002

Email recebido 

De: Walter Monacci

Cidade: Monte Verde

 Prezado Sr. Egydio,

Recebo com satisfação, porém com reservas, a notícia da

 

liberação de verba para a "construção", "reconstrução", talvez "recuperação" da estrada Camanducaia/Monte Verde (não sei, em face das condições atuais da estrada,  qual seria a denominação mais adequada).

Isto porque, Sr. Egydio, como frequentador assíduo de Monte Verde desde 1.986, já recebi notícia semelhante pelo menos umas quatro vêzes O que lamento é que até hoje a estrada esteja imprestável, absolutamente imprestável.

Fato é que, entra Prefeito, sai Prefeito e a "coisa" não muda.

Infelizmente Monte Verde só teve alguma expectativa de melhora quando ocorreu alguma PASSEATA a Camanducaia.

Infelizmente quando isto ocorreu, também acabamos sem os resultados CONCRETOS, possivelmente por falta de uma NOVA PASSEATA.

De minha parte, tenho que confessar que perdi as esperanças com relação a Monte Verde.  Há muito tempo que só acredito VENDO.

De qualquer forma, nos resta torcer para que a estrada dê certo e que deixemos de "exportar"  turistas para Campos do Jordão e outras localidades.

Aproveito o ensejo para deixar registrado o meu protesto com relação à agressão sofrida pelo Sr. Nico Pereira.

Ao que parece, a pessoa que está construindo as casinhas de madeira na Av. Monte Verde, não satisfeito em agredir o visual do nosso Distrito, resolveu partir também para a agressão física.

Quanto ao Sr. Nico, ao que a sua mensagem indica, também, assim como eu, perdeu por completo as esperanças quanto a Monte Verde.

Abraços,

 

WALTER

Walter, grato pela sua manifestação. Eu, apesar de tudo, continuo com esperança de que a verba para reconstrução do segundo trecho da estrada deva sair - desta vez - a estrada possa realmente sair porque o Sr. Manoel Costa, Deputado Federal e ex-Secretário do Turismo,  é candidato a reeleição e está se empenhando para isso.

Quanto à agressão ao Nico, entendo que se justifica a revolta de todos, pois, só estava faltando que os transgressores das leis 

começassem a agredir impunemente aqueles que trabalham para o crescimento sustentável de Monte Verde.

Abraços,

Egydio

VOZ DA TERRA  VIRTUAL (on lne) EM  09 DE SETEMBRO DE  2.002  

 

Secretário de Turismo de Minas visita Monte Verde

 No dia seis de setembro, Monte Verde recebeu a visita do Secretário de Turismo do Estado Antônio Henrique Borges Paula, a Superintendente de Desenvolvimento Turístico Jaísa H. Contijo, juntamente com o candidato a Deputado Federal e ex Secretário de Turismo, Manoel Costa e Alberto Pinto Coelho, candidato a Deputado Estadual. 

A visita dos candidatos teve a intenção de confirmar a comunidade de que as obras do asfalto Camanducaia-Monte Verde seiniciam ainda este mês. A obra do asfalto será realizada pela mesma empresa responsável pelo duplicamento da BR 381- Rodovia Fernão Dias, a Serveng Civilsan S/A, estando autorizada a aplicação de recursos até o limite de um milhão de reais, conforme fax nº 997, de 14/08/02 enviado à prefeitura de Camanducaia, pelo Secretário de Obras Públicas de Minas, Marco Antonio Marques de Oliveira.

 

VOZ DA TERRA  EM 13 DE SETEMBRO DE  2.002

Email recebido 

De: André Ricardo Cardoso da Silva

Cidade: S. Caetano-SP-MG - País: Brasil

 

Parabéns para a cidade de Monte Verde, espero que os governantes saibam manter este paraiso, tudo é muito aconchegante e lindo, só gostaria de fazer uma observação em relação a estrada, pois esta cada vez mais esburacada, por favor tomem providencias urgentes. Agradeço a Atenção

 

VOZ DA TERRA  EM 05 DE OUTUBRO DE  2.002

Email recebido 

De: Wanderlei José Moreira

Chefe de Gabinete e Secretário de Administração e Finanças da Prefeitura

Cidade: Camanducaia-MG - País: Brasil

 

Recebemos email do sobrinho do prefeito Emydio, no qual ele informa que a notícia assinada por nossa diretora de redação, Suely Silva, de que "se encontra depositada no cofre público da Prefeitura de Camanducaia a importância de um (1) milhão de reais para asfaltamento da estrada de Monte Verde" não é verdade. 

Esclarece que quem se comprometeu com a execução das obras foi o Estado de Minas Gerais, através do DER, restabelecendo o contrato assinado com a empresa Serveng-Civilsan, contrato esse oriundo de licitação feita ainda no Governo do Sr. Newton Cardoso (gestão 1983/1988). 

Diz ainda que a "execução das obras não está a cargo da Prefeitura de Camanducaia e que, por este mesmo motivo, o dinheiro não se encontra no Erário Municipal e nem tem por que nele ser depositado.  A impressão que me dá, é a de que as informações são propositalmente deturpadas. Porém, espero estar enganado".

Wanderley,

Agradeço seu esclarecimento e acredito que houve algum equívoco, pois, como havia afirmação de políticos, já divulgada anteriormente, de que o valor de um milhão de reais estava sendo liberado para refazer o asfalto do segundo trecho da Estrada Monte Verde / Camanducaia, isso deve ter gerado a interpretação de alguns políticos de que o valor já havia sido depositado na conta da Prefeitura e essa informação teria sido repassada a Suely. 

VT não tem interesse em noticiar fatos que não sejam verdadeiros.

Não devemos esquecer que o procedimento de depositar o valor liberado pelo DER na conta da Prefeitura parece ser normal, quando há decisão estadual nesse sentido, como aconteceu com a verba destinada ao asfalto que o ex-prefeito, Dr. Mazinho, fez nesse mesmo segundo trecho e que a chuva levou porque era de má qualidade.

De qualquer forma, nós temos interesse em esclarecer os fatos.

Já repassei seu email abaixo para a Suely para que ela se manifeste, antes de tirarmos qualquer conclusão. Logo que eu receba a resposta dela, repassarei a informação para todos.

Atenciosamente,

 Egydio Coelho da Silva

 

VOZ DA TERRA  VIRTUAL (on lne) EM  06 DE OUTUBRO DE  2.002

 

Aos leitores do Voz Da Terra On line de Monte Verde

*Suely Silva

 Gostaria de esclarecer aqui, quanto a notícia divulgada no dia 4 de outubro, onde foi publicado no site VOZ DA TERRA on line de que um milhão de reais haviam sido depositados em cofre público, em razão do convênio firmado entre DER/Serveng para a execução da estrada Camanducaia/Monte Verde. 

Agradeço o esclarecimento de que o valor de um milhão de reais não foram depositados na conta da Prefeitura.

Mesmo porque a noticia causou polêmica, principalmente para moradores de Monte Verde, já desconfiados quanto à possibilidade de execução das obras da estrada já que existe envolvimento político por ser período de campanha eleitoral. 

Mas, fica aqui as minhas desculpas quanto a notícia veiculada, sem melhor confirmação da veracidade da informação que me foi passada.  

De fato, tem lógica a explicação do Sr. Wanderley, pois, a Prefeitura não pode fazer convênios devido à prestação de contas da gestão passada. 

Diga-se aos leitores do VT on line que a prefeitura só pode fazer convênios nas questões de saúde e educação, estipuladas pelo Governo Estadual, conseqüência da administração anterior. 

Imagine só uma criança ser impedida de tomar de uma vacina por causa de má administração política, ou seja, a não prestação de contas públicas. 

Ou um aluno não ter a sua merenda escolar, ou ser impedido de estudar, por falta também de prestação de contas.

O VOZ DA TERRA, como é de conhecimento de todos, se esforça por ser imparcial, mesmo porque eu mesma estou sempre em contato com o prefeito Emydio por telefone e tudo que publico é baseado em nossas conversas. 

E porque sou a primeira a noticiar as benfeitorias que a Prefeitura tem realizado em Monte Verde quanto ao asfaltamento de toda Vila da Fonte, começando pela avenida Monte Verde, pela recuperação da escola Karlis Kempis, tendo em vista o belo espetáculo que os alunos realizaram no dia da Independência, graças aos instrumentos doados pela Prefeitura de Camanducaia. 

Tudo que a administração faz em favor do povo é noticiado. Assim também que tudo que for contra o povo também será noticiado. 

Todos sabem que a função de um jornalista é esclarecer o povo e estar do lado dele, não deixando de noticiar todos os lados da notícia. 

Se cometi algum erro está aqui minhas desculpas.

 

Rodoviária ou saneamento básico

Sabemos que a Prefeitura possui pouco mais de dois milhões e meio em caixa. 

Isso já foi dito em público, é notório! 

E que cabe ao prefeito julgar o que é mais importante para sua comunidade. Se a construção de uma rodoviária em Camanducaia, com um orçamento previsto em meio milhão de reais é mais importante que o abastecimento de água potável para os bairros da Ponte Nova e São Matheus e também o saneamento básico para a cidade turística mais importante da região sul mineira, que é Monte Verde, não significa nada em matéria orçamentária.... então cabe a quem julgar quem?

Embora o objetivo seja sempre o de cobrar eficiência dos poderes públicos - pois foram eleitos para isso - Voz da Terra não tem nenhum interesse em divulgar notícias que não sejam verdadeiras. 

Nosso jornal é apartidário, sério e responsável,  e se empenha em divulgar  os interesses e necessidade da população em geral.

*Suely Silva é jornalista e moradora de Monte Verde.

 

VOZ DA TERRA  EM 05 DE OUTUBRO DE  2.002

Email recebido 

De: Wanderlei José Moreira

Chefe de Gabinete e Secretário de Administração e Finanças da Prefeitura

Cidade: Camanducaia-MG - País: Brasil

 

Recebemos email do sobrinho do prefeito Emydio, no qual ele informa que a notícia assinada por nossa diretora de redação, Suely Silva, de que "se encontra depositada no cofre público da Prefeitura de Camanducaia a importância de um (1) milhão de reais para asfaltamento da estrada de Monte Verde" não é verdade. 

Esclarece que quem se comprometeu com a execução das obras foi o Estado de Minas Gerais, através do DER, restabelecendo o contrato assinado com a empresa Serveng-Civilsan, contrato esse oriundo de licitação feita ainda no Governo do Sr. Newton Cardoso (gestão 1983/1988). 

Diz ainda que a "execução das obras não está a cargo da Prefeitura de Camanducaia e que, por este mesmo motivo, o dinheiro não se encontra no Erário Municipal e nem tem por que nele ser depositado.  A impressão que me dá, é a de que as informações são propositalmente deturpadas. Porém, espero estar enganado".

Wanderley,

Agradeço seu esclarecimento e acredito que houve algum equívoco, pois, como havia afirmação de políticos, já divulgada anteriormente, de que o 

valor de um milhão de reais estava sendo liberado para refazer o asfalto do segundo trecho da Estrada Monte Verde / Camanducaia, isso deve ter gerado a interpretação de alguns políticos de que o valor já havia sido depositado na conta da Prefeitura e essa informação teria sido repassada a Suely. 

VT não tem interesse em noticiar fatos que não sejam verdadeiros.

Não devemos esquecer que o procedimento de depositar o valor liberado pelo DER na conta da Prefeitura parece ser normal, quando há decisão estadual nesse sentido, como aconteceu com a verba destinada ao asfalto que o ex-prefeito, Dr. Mazinho, fez nesse mesmo segundo trecho e que a chuva levou porque era de má qualidade.

De qualquer forma, nós temos interesse em esclarecer os fatos.

Já repassei seu email abaixo para a Suely para que ela se manifeste, antes de tirarmos qualquer conclusão. Logo que eu receba a resposta dela, repassarei a informação para todos.

Atenciosamente,

 Egydio Coelho da Silva

 

VOZ DA TERRA  VIRTUAL (on lne) EM  06 DE OUTUBRO DE  2.002

 

Aos leitores do Voz Da Terra On line de Monte Verde

*Suely Silva

 Gostaria de esclarecer aqui, quanto à notícia divulgada no dia 4 de outubro, onde foi publicado no site VOZ DA TERRA on line de que um milhão de reais haviam sido depositados em cofre público, em razão do convênio firmado entre DER/Serveng para a execução da estrada Camanducaia/Monte Verde. 

Agradeço o esclarecimento de que o valor de um milhão de reais não foram depositados na conta da Prefeitura.

Mesmo porque a noticia causou polêmica, principalmente para moradores de Monte Verde, já desconfiados quanto à possibilidade de execução das obras da estrada já que existe envolvimento político por ser período de campanha eleitoral. 

Mas, fica aqui as minhas desculpas quanto a notícia veiculada, sem melhor confirmação da veracidade da informação que me foi passada.  

De fato, tem lógica a explicação do Sr. Wanderley, pois, a Prefeitura não pode fazer convênios devido à prestação de contas da gestão passada. 

Diga-se aos leitores do VT on line que a prefeitura só pode fazer convênios nas questões de saúde e educação, estipuladas pelo Governo Estadual, conseqüência da administração anterior. 

Imagine só uma criança ser impedida de tomar de uma vacina por causa de má administração política, ou seja, a não prestação de contas públicas. 

Ou um aluno não ter a sua merenda escolar, ou ser impedido de estudar, por falta também de prestação de contas.

O VOZ DA TERRA, como é de conhecimento de todos, se esforça por ser imparcial, mesmo porque eu mesma estou sempre em contato com o prefeito Emydio por telefone e tudo que publico é baseado em nossas conversas. 

E porque sou a primeira a noticiar as benfeitorias que a Prefeitura tem realizado em Monte Verde quanto ao asfaltamento de toda Vila da Fonte, começando pela avenida Monte Verde, pela recuperação da escola Karlis Kempis, tendo em vista o belo espetáculo que os alunos realizaram no dia da Independência, graças aos instrumentos doados pela Prefeitura de Camanducaia. 

Tudo que a administração faz em favor do povo é noticiado. Assim também que tudo que for contra o povo também será noticiado. 

Todos sabem que a função de um jornalista é esclarecer o povo e estar do lado dele, não deixando de noticiar todos os lados da notícia. 

Se cometi algum erro está aqui minhas desculpas.

 

Rodoviária ou saneamento básico

Sabemos que a Prefeitura possui pouco mais de dois milhões e meio em caixa. 

Isso já foi dito em público, é notório! 

E que cabe ao prefeito julgar o que é mais importante para sua comunidade. Se a construção de uma rodoviária em Camanducaia, com um orçamento previsto em meio milhão de reais é mais importante que o abastecimento de água potável para os bairros da Ponte Nova e São Matheus e também o saneamento básico para a cidade turística mais importante da região sul mineira, que é Monte Verde, não significa nada em matéria orçamentária.... então cabe a quem julgar quem?

Embora o objetivo seja sempre o de cobrar eficiência dos poderes públicos - pois foram eleitos para isso - Voz da Terra não tem nenhum interesse em divulgar notícias que não sejam verdadeiras. 

Nosso jornal é apartidário, sério e responsável,  e se empenha em divulgar  os interesses e necessidade da população em geral.

*Suely Silva é jornalista e moradora de Monte Verde.

 

VOZ DA TERRA  EM 07 DE FEVEREIRO DE  2.003

Email recebido 

De: Fani

Cidade: Monte Verde - MG - País: Brasil

Moradora sugere mudar trânsito por Joanópolis

Caros Srs.

Gostaria de saber se alguém sabe sobre a possibilidade de melhorias na estrada de Joanópolis até Monte Verde.Já que existem tantas dificuldades  para MV porque não tentarmos isto??

Todas as vantagens existem: Joanópolis é uma cidade turística, a distancia para que é mais curta .Quem sabe fazendo uma troca de figurinhas com Joanópolis poderíamos ter um acesso melhor para Monte Verde alem de podermos ajudar o turismo em Joanópolis tambémÉ possível???

Gostaria de ouvir opiniões.

Obrigado pela atenção

Fani

 

VOZ DA TERRA  ON LINE EM 28 DE MARÇO DE  2003

 

Ponte enverga e quase cai 

A Ponte do Guilhermão no quilômetro 13 em Melhoramentos teve sua base de sustentação abalada no inicio desta semana. Os pilares que sustentam a viga de ferro e a ponte de madeira apodreceram com o tempo, e conseqüentemente com a falta de manutenção. Apesar da envergadura da ponte e o risco dela cair, o tráfego continua normal. Caminhões com toneladas de carga, ônibus e carros de passeio trafegam normalmente sobre a ponte. Somente na quinta feira os funcionários da prefeitura estavam no local, providenciando pilares de madeira para ergue-la. “Estamos providenciando as madeiras para erguer a ponte e creio que no fim de semana ela esteja pronta”, disse o funcionário Resende. 

O prefeito Emydio foi procurado pela reportagem de VT, mas não foi ainda encontrado para mais detalhes. 

Suely Silva

VOZ DA TERRA  ON LINE EM 28 DE MARÇO DE  2003

Acidente faz duas vitimas nesta quinta

 

Na quinta feira, dia 26, as dez e trinta da manhã, o caminhão da empresa Rodo Terra de Extrema, capotou no quilômetro treze no sentido Monte Verde a Camanducaia, fazendo duas vítimas e um ferido, que foi levado para o hospital de Pouso Alegre-MG. As vítimas, segundo os que se encontravam no local são os funcionários da empresa, o motorista José Francisco ( Kiko), o maquinista conhecido por Santo Antônio e José Domingues que está hospitalizado. De acordo com aqueles que estavam no local na hora do acidente, o caminhão desceu desgovernado, provavelmente sem freio e capotou. “Talvez os buracos na descida tenha causado uma falha e o motorista tenha perdido o controle do caminhão”, diz o Sr. João Batista que estava no local.

Três horas depois do acidente a perícia ainda não havia chegado e os corpos ainda estavam no local, por isso não temos a precisão exata da causa do acidente e nome completo das vítimas.

 Suely Silva

 

(FIM DAS NOTÍCIAS)

 

Índice por assunto

Página inicial - Menu geral

 Fale Conosco

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

 MONTE VERDE-MG

GREEN

VILLAGE

 HOTEL

 

Hotel pitoresco a 800m do centro. Apt.ºs., calefação no inverno. Piscina, frigobar,  interfone, antena parabólica.  Lareira. Sauna.

 

O Green Village possui uma área de 13mil metros quadrados de araucárias brasilienses. Os apartamentos são aconchegantes, com TV, frigobar. As diárias são com pensão completa, onde é servido um delicioso café da manhã. Um lugar encantador bem pertinho de tudo. Av. Sol Nascente, 711. Reservas: (35)3438-2035 e (11)3258-9898.

Emails: gm@greenhotel.com.br reservas@greenhotel.com.br

 www.greenhotel.com.br   

 

 

Empresas que

apóiam e tornam possível a manutenção destas páginas na internet

 

GREEN

MOUNTAINS HOTEL

 

reservas@greenhotel.com.br

 

O Green Mountains é o hotel fazenda com a vista mais deslumbrante de Monte Verde. Chalés luxuosos com lareira, tv, aquecimento central, restaurante e pensão completa. Além de piscina e lago para a pesca. Um lugar inesquecível para toda família se divertir na montanha.

Estrada de Monte Verde, Km 20

Reservas:

(35)3438-1317 e (11) 3258-9898